Fechar
Publicidade

Terça-Feira, 30 de Novembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

nacional@dgabc.com.br | 4435-8301

Seqüestrador e vítima morrem em perseguição



12/04/2006 | 00:07


A perseguição da Polícia Militar a uma quadrilha que assaltava caminhoneiros na Rodovia Régis Bittencourt (BR-116), que liga São Paulo a Curitiba, terminou de maneira trágica, no fim da noite de segunda-feira. Surpreendidos durante a ação, os bandidos fugiram numa Blazer levando o motorista João Silvano da Silva, 61 anos, como refém, mas bateram e capotaram o veículo.

Silva e um dos assaltantes, Alexon Vilson Galvão, 27, morreram na hora. Outros três bandidos ficaram feridos no acidente. A Blazer ocupada pela quadrilha, placa GUU 4334, de Ribeirão Preto, estava equipada com giroflex, como as viaturas policiais.

O veículo emparelhou com o caminhão Mercedes-Benz com baú, dirigido por Silva, e os ocupantes fizeram sinal para que parasse. Silva, que seguia no sentido Paraná, desconfiou e acelerou, mas os bandidos atiraram duas vezes e ele parou no acostamento, na altura do km 524, em Cajati. Uma moradora viu quando ele foi rendido e ligou para a polícia.

Alguns caminhoneiros, atendendo a acenos da mulher, também pararam, assustando os bandidos. Eles obrigaram o caminhoneiro a entrar na Blazer e fugiram em direção a São Paulo.

Policiais do 14º Batalhão de Policiamento do Interior de Registro, Cajati e Juquiá foram acionados e iniciaram a perseguição. Segundo a polícia, os bandidos rodaram mais de 100 quilômetros em alta velocidade – a 180 km/h – mas, na altura de Juquiá, bateram na traseira de um caminhão e capotaram. Os corpos de Silva e do seqestrador foram levados para o IML (Instituto Médico Legal) de Registro.

Os outros três assaltantes presos foram identificados como Francisco Germano Lima, Paulo Sérgio Cardim e Rodrigo Ferreira Garcia. Feridos, foram levados para o Hospital Regional de Pariquera-Açu.


Quer receber em primeira mão as notícias das sete cidades do Grande ABC?

Entre no nosso grupo de WhatsApp. 
Clique aqui.
 

Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;