Fechar
Publicidade

Terça-Feira, 9 de Agosto

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

nacional@dgabc.com.br | 4435-8301

Três jovens morrem em acidente no Rio


Do Diário do Grande ABC

04/01/1999 | 09:10


Três jovens morreram num acidente, na madrugada desta segunda, no quilômetro 17 da Avenida das Américas, no Recreio dos Bandeirantes, Rio de Janeiro.

Os irmaos Maury Betta de Mello Júnior, de 22 anos, e Maurício Queiroz Betta, de 16, além da namorada de Maury, Aline de Souza Costa, de 19, voltavam do show do grupo Molejo no Metropolitan quando o carro em que viajavam, o Golf branco, placa de Minas Gerais GUL-5949, derrapou na pista e se chocou violentamente contra um poste.

Testemunhas disseram que o carro estava em alta velocidade. O outro passageiro do carro, Gutemberg Pereira Chaves, de 20, que estava no banco dianteiro, ao lado de Maury, sofreu apenas escoriaçoes no braço direito. Em estado de choque, ele foi atendido no Hospital Lourenço Jorge e ficou internado em observaçao. O grupo fora ao show justamente para comemorar o aniversário de 20 anos de Gutemberg.

Os pais dos rapazes mortos, Nilza Helena da Silva Queirós e Maury Betta de Mello, passaram mal ao ver a cena do acidente e precisaram ser socorridos pelos Anjos do Asfalto e pelos paramédicos do Corpo de Bombeiros. A mae chegou a desmaiar, diante dos corpos dos filhos estendidos no canteiro central da Avenida das Américas.

Testemunhas contaram que o carro estava a mais de 150 quilômetros por hora e que derrapou numa poça de água. Descontrolado, o veículo foi de encontro ao poste. Com a violência do choque, o Golf se partiu ao meio. Durante a capotagem, Maurício foi atirado a uma distância de aproximadamente 30 metros. Maury ficou preso entre as ferragens, sendo retirado pelos bombeiros.

Maury, Maurício e Aline moravam em Campo Grande. Os dois rapazes eram os únicos filhos do casal Maury e Nilza. Na noite de sábado, eles chegaram a pedir aos filhos que nao saíssem, mas os rapazes insistiram em comemorar o aniversário do amigo Gutemberg no Metropolitan.

Muito abalada, Nilza lembrou que, para tentar convencer os rapazes a ficarem em casa, chegou a se recusar a passar a roupa de Maury. Ela contou ainda que o filho mais velho teria dito que deixaria o carro na garagem, para evitar maiores problemas, mas, na última hora, acabou mudando de idéia na última hora.Os parentes de Aline também estiveram no local do acidente, mas preferiram nao falar sobre o desastre.



Quer receber em primeira mão as notícias das sete cidades do Grande ABC?

Entre no nosso grupo de WhatsApp. 
Clique aqui.
 

Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;