Fechar
Publicidade

Terça-Feira, 19 de Outubro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Esportes

esportes@dgabc.com.br | 4435-8384

São Bernardo põe fim
à novela e contrata meia
Luciano Mandi, ex-Azulão

Depois de um mês de negociação, clube faz um acordo
com jogador, que chega com status de salvador da pátria


Anderson Fattori
Do Diário do Grande ABC

31/01/2012 | 07:00


Depois de quase um mês de negociações, acertos e desacertos, desentendimento entre diretores, enfim, Luciano Mandi foi apresentado ontem pelo São Bernardo.

Considerado o salvador da pátria, o meia, ex-São Caetano, assinou contrato até o fim do Campeonato Paulista da Série A-2 e, se o time conseguir regularizá-lo a tempo, ficará no banco de reservas no duelo de amanhã, contra o Velo Clube, em Rio Claro.

Mandi disse que esta é a primeira vez na carreira que assume papel de protagonista. Aos 26 anos, o jogador perambulou por times mineiros e desde 2010 integrava o elenco do São Caetano, mas nunca conseguiu se firmar como titular. "Para mim, é novidade e sou grato ao São Bernardo pela confiança. São Caetano é passado e nos próximos quatro meses meu pensamento será levar o time (São Bernardo) de volta à elite", ressaltou.

Mandi chega para suprir deficiência no meio de campo. Até então, as principais opções do técnico Luis Carlos Martins eram Léo e Bady, mas nenhum dos dois inspira confiança. A tendência é que o reforço assuma rapidamente a condição de titular. "Estou pronto para tal responsabilidade. Sei que o São Bernardo fez de tudo para me contratar e espero retribuir em campo", comentou.

De fato, o presidente do Tigre, Luiz Fernando Teixeira, não poupou esforços para contratar o meia. "Considero grande jogador, justamente a peça que faltava em nosso elenco. O Mandi é diferenciado, tem bom passe, chuta muito bem a gol, enfim, sou fã desse atleta e creio que ele será fundamental no desempenho da equipe", elogiou.

O dirigente aproveitou para esclarecer por que houve tanta demora na contratação. "Entre diretorias de São Bernardo e São Caetano sempre esteve tudo certo. O problema é que o empresário do Mandi (Pita), não queria que ele viesse jogar conosco. Diante disso, passei a negociar diretamente com o atleta, que mostrou enorme vontade de vestir a camisa do Tigre. Assim a negociação foi se desenrolando e pudemos confirmar a contratação."


Presidente garante permanência de Martins

Pelo menos por enquanto o presidente do São Bernardo, Luiz Fernando Teixeira, garante que não vai trocar o técnico da equipe. As derrotas para São Carlos (1 a 0) e Rio Claro (2 a 1) mexeram com o astral do grupo, tanto que ontem foram horas de conversas entre comissão técnica, dirigentes e jogadores, mas nada que abale a confiança sobre o treinador Luis Carlos Martins.

"Não acho que resolve trocar o técnico. Tenho é de passar confiança ao grupo e pedir calma. Nosso time é forte e tenho certeza que irá se classificar entre os oito primeiros colocados", garante Luiz Fernando. "Estamos sentindo a falta dos volantes que estão machucados (Zé Forte, Dirceu e Marcelo Godri). Em breve, as coisas vão se encaixando e a tendência é melhorar", completa.

Em conversa que teve com Martins, o presidente sugeriu que o time atuasse no 3-5-2, esquema testado ontem pelo treinador. Mesmo assim, ele garante que o técnico tem autonomia para escalar o time.

"Trocamos ideias, conversamos bastante e não escondo que prefiro o time no 3-5-2. Mas o Martins é quem manda e confio plenamente no meu treinador", completou.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;