Fechar
Publicidade

Quarta-Feira, 25 de Maio

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

economia@dgabc.com.br | 4435-8057

S&P mantém rating do Japão em AA-/A-1+



18/10/2013 | 03:09


A Standard & Poor anunciou nesta sexta-feira que mantém o rating de crédito soberano de curto prazo e de longo prazo do Japão em "A-1+" e "AA-", respectivamente. A perspectiva do rating de longo prazo é negativa.

Segundo a agência de classificação de risco, o Japão é um país que tem uma forte posição externa, com economia próspera e diversificada e que tem apresentado uma melhora da estabilidade política. Além disso, a S&P sugere o sistema financeiro estável contrapõe a posição fiscal mais fraca do país.

A S&P avalia que os nove primeiros meses de gestão de Shinzo Abe como primeiro-ministro impulsionaram as perspectivas econômicas de curto prazo.

Já o Banco do Japão (BoJ, na sigla em inglês) se comprometeu a dobrar base monetária do Japão. Além disso, estão surgindo os primeiros indícios de que o programa de flexibilização monetária quantitativa e qualitativa está gerando resultados, como por exemplo a elevação da inflação, embora alcançar a meta de 2% para o índice de preços ao consumidor (CPI, na sigla em inglês) até 2014 sem aumentar a volatilidade do mercado ainda representa um desafio.

A agência de classificação de risco considera que as medidas para o setor fiscal foram pequenas. A elevação do imposto sobre vendas a partir de abril de 2014 foi considerado um importante passo para alcançar o déficit orçamentário ideal, avaliou a S&P.

Além disso, a S&P acredita que há pouco progresso em medidas para melhorar a

participação dos trabalhadores, para introduzir maior flexibilidade laboral e para reduzir as barreiras à concorrência no setor dos serviços domésticos.

Para a agência de classificação de risco, a avaliação positiva pode ser atribuída à melhora da estabilidade política depois que a coalizão do governo recuperou a maioria na Câmara Alta.

Ainda assim, a S&P sinaliza que está disposta a rebaixar os ratings de crédito soberano do Japão caso o governo do país não leve adiante as reformas necessárias.

A perspectiva do rating de longo prazo permanece negativa, refletindo os riscos fiscais de médio prazo e o desempenho econômico do país. Fonte: Dow Jones Newswires.



Quer receber em primeira mão as notícias das sete cidades do Grande ABC?

Entre no nosso grupo de WhatsApp. 
Clique aqui.
 

Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;