Fechar
Publicidade

Domingo, 23 de Fevereiro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Esportes

esportes@dgabc.com.br | 4435-8384

Palhavam diz que vontade fez diferença na vaga do Ramalhão

Treinador elogia determinação da equipe, que sofreu apenas seis gols em 11 partidas


Anderson Fattori
Do Diário do Grande ABC

21/09/2018 | 00:06


O dia seguinte após a vitória por 1 a 0 sobre o Santos e a classificação antecipada para a segunda fase da Copa Paulista foi de reflexão no Santo André. O técnico José Carlos Palhavam segue comemorando o resultado, ainda mais porque o clube não fez grandes contratações e está jogando a competição com elenco formado em casa.

“Nós merecemos essa classificação. O time lutou muito. Por tudo que o Santo André passou esse ano, com o rebaixamento para a Série A-2 essa vaga é alegria que podemos dar para a torcida. Aqui podem faltar técnica, tática, mas garra não falta para esse time e isso fez a diferença”, constatou o treinador.

Palhavam é um dos responsáveis pela classificação. Em pouco tempo deu bom padrão defensivo para a equipe, que sofreu apenas seis gols em 11 partidas. Agora, com reforços no ataque, ele espera mostrar evolução na segunda fase para continuar surpreendendo.
“Primeiro objetivo conseguimos, que era a vaga na segunda fase. Agora temos de ter o pé no chão, saber que existem grandes equipes na Copa Paulista e estamos devagar, com traquilidade buscando nosso espaço”, comentou o treinador.

Antes da segunda fase, o Ramalhão, terceiro do Grupo 3, com 20 pontos, pega o São Caetano, amanhã, às 15h, no Anacleto Campanella. Para não depender do resultado do São Bernardo – quarto, com 18 –, que encara o Santos, precisa vencer para se manter à frente do Tigre. 



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Palhavam diz que vontade fez diferença na vaga do Ramalhão

Treinador elogia determinação da equipe, que sofreu apenas seis gols em 11 partidas

Anderson Fattori
Do Diário do Grande ABC

21/09/2018 | 00:06


O dia seguinte após a vitória por 1 a 0 sobre o Santos e a classificação antecipada para a segunda fase da Copa Paulista foi de reflexão no Santo André. O técnico José Carlos Palhavam segue comemorando o resultado, ainda mais porque o clube não fez grandes contratações e está jogando a competição com elenco formado em casa.

“Nós merecemos essa classificação. O time lutou muito. Por tudo que o Santo André passou esse ano, com o rebaixamento para a Série A-2 essa vaga é alegria que podemos dar para a torcida. Aqui podem faltar técnica, tática, mas garra não falta para esse time e isso fez a diferença”, constatou o treinador.

Palhavam é um dos responsáveis pela classificação. Em pouco tempo deu bom padrão defensivo para a equipe, que sofreu apenas seis gols em 11 partidas. Agora, com reforços no ataque, ele espera mostrar evolução na segunda fase para continuar surpreendendo.
“Primeiro objetivo conseguimos, que era a vaga na segunda fase. Agora temos de ter o pé no chão, saber que existem grandes equipes na Copa Paulista e estamos devagar, com traquilidade buscando nosso espaço”, comentou o treinador.

Antes da segunda fase, o Ramalhão, terceiro do Grupo 3, com 20 pontos, pega o São Caetano, amanhã, às 15h, no Anacleto Campanella. Para não depender do resultado do São Bernardo – quarto, com 18 –, que encara o Santos, precisa vencer para se manter à frente do Tigre. 

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;