Fechar
Publicidade

Domingo, 16 de Fevereiro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Política

politica@dgabc.com.br | 4435-8391

Câmara pode ter CPI do pátio a pedido de oposicionista

Pedido de Julinho Fuzari (PPS) visa investigar renovação de contrato feita em 2016


Raphael Rocha
do Diário do Grande ABC

08/07/2017 | 07:00


A Câmara de São Bernardo cogita abrir a CPI do pátio de veículos, depois de encontradas irregularidades na prorrogação contratual do acordo entre a Prefeitura e a Octágono Serviços, caso relatado pelo Diário no fim do mês passado.

Pedido, de autoria do vereador oposicionista Julinho Fuzari (PPS), foi protocolado nesta semana na Casa, porém sem assinaturas suficientes para que o processo de investigação seja aberto.

Entre os pontos listados pelo popular-socialista passíveis de apuração estão a falta de recolhimento do ISS (Imposto Sobre Serviços) por parte da empresa, valores praticados acima da lei e ausência de convênio com o Detran.

Em junho, o Diário mostrou que Oscar José Gameiro Silveira Campos, secretário de Transportes no governo de Luiz Marinho (PT), ignorou recomendação da Secretaria de Administração e também da Procuradoria-Geral do Município ao autorizar o aditamento do acordo com a Octágono por dez anos e de valor de R$ 1,7 milhão ao ano. A extensão do convênio foi feita no dia 29 de dezembro, dois dias antes do término do governo Marinho e seis meses antes do término do contrato, que seria em março deste ano.

O governo de Orlando Morando (PSDB) cancelou esse ato administrativo, o que provocou o encerramento do acordo com a Octágono. Foi aberta sindicância interna, que concluiu pela existência de fraude documental no processo. 



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Câmara pode ter CPI do pátio a pedido de oposicionista

Pedido de Julinho Fuzari (PPS) visa investigar renovação de contrato feita em 2016

Raphael Rocha
do Diário do Grande ABC

08/07/2017 | 07:00


A Câmara de São Bernardo cogita abrir a CPI do pátio de veículos, depois de encontradas irregularidades na prorrogação contratual do acordo entre a Prefeitura e a Octágono Serviços, caso relatado pelo Diário no fim do mês passado.

Pedido, de autoria do vereador oposicionista Julinho Fuzari (PPS), foi protocolado nesta semana na Casa, porém sem assinaturas suficientes para que o processo de investigação seja aberto.

Entre os pontos listados pelo popular-socialista passíveis de apuração estão a falta de recolhimento do ISS (Imposto Sobre Serviços) por parte da empresa, valores praticados acima da lei e ausência de convênio com o Detran.

Em junho, o Diário mostrou que Oscar José Gameiro Silveira Campos, secretário de Transportes no governo de Luiz Marinho (PT), ignorou recomendação da Secretaria de Administração e também da Procuradoria-Geral do Município ao autorizar o aditamento do acordo com a Octágono por dez anos e de valor de R$ 1,7 milhão ao ano. A extensão do convênio foi feita no dia 29 de dezembro, dois dias antes do término do governo Marinho e seis meses antes do término do contrato, que seria em março deste ano.

O governo de Orlando Morando (PSDB) cancelou esse ato administrativo, o que provocou o encerramento do acordo com a Octágono. Foi aberta sindicância interna, que concluiu pela existência de fraude documental no processo. 

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;