Fechar
Publicidade

Segunda-Feira, 20 de Janeiro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Cultura & Lazer

cultura@dgabc.com.br | 4435-8364

Reserva dá desconto na balada


Ângela Corrêa
Do Diário do Grande ABC

30/12/2008 | 07:04


Se praias não são uma opção para este Réveillon e ficar em casa a primeira madrugada de janeiro tampouco é uma boa pedida, casas noturnas de São Paulo oferecem opções tanto para aqueles que não fazem questão de passar a virada ao lado da família quanto para aqueles que pretendem cear antes de cair na balada.

O melhor é escolher esse destino ainda hoje, de maneira que seja possível incluir o nome em listas ou imprimir flyers que garantem descontos na entrada, que podem ser um pouquinho mais caros do que os praticados durante o ano.

No Centro de São Paulo as opções começam na A Loca (Rua Frei Caneca, 916, Consolação. Tel.: 3159-8889 www.aloca.com.br), na festa Invert Special Réveillon, a partir da 1h. A entrada custa R$ 25. A casa é das únicas a abrir também no dia 1º, a partir da meia-noite, na festa Locuras, com entrada a mesmo preço.

No Vegas (Rua Augusta, 765. Centro. Tel.: 3231-3705 www.vegasclub.com.br), a balada é especial. A casa deve fechar em 2009, o que faz da festa a primeira e a única comemoração de Réveillon de lá. O ingresso é R$ 35 (R$ 30 com nome da lista) e a balada também começa à 1h.

Na Zona Oeste, points para roqueiros, fãs de música eletrônica e pagodeiros. A D-Edge Aalameda Olga, 170, Barra Funda. Tel.: 3666-9022 www.d-edge.com.br) abre a festa Cio. O ingresso vai de R$ 30 a R$ 35 (sem flyer).

No Porto Alcobaça (Av. Francisco Matarazzo, 734, Perdizes. Tel.: 3670-2222 www.alcobaca-sp.com.br), a mulherada que gosta de samba e que chegar antes da 1h se dará bem: a entrada é VIP. Após esse horário, paga R$ 10. Já os homens pagam de R$ 20 a R$ 30. Além de banda ao vivo, a casa mantém dois DJs: um com axé, pagode, funk e sertanejo e outro comandando seleção de música eletrônica.

BALADA E CEIA
O pub O'Malleys (Alameda Itu, 1.529, Jardim Paulista. Tel.: 3086-0780 www.omalleysbar.net), a programação começa às 23h, com a banda Rock Diggers. O ingresso custa R$ 40 para mulheres e R$ 60 para homens, com bufê incluído.

No Bourbon Street (Rua dos Chanés, 127. Tel.: 5095-6100, Moema. www.bourbonstreet.com.br) a Festa dos Anos 70 será com a banda Junkie Box. A programação começa às 20h de amanhã, com jantar, e segue até a manhã do dia 1º, com café-da-manhã e bebida à vontade. Os preços variam de R$ 325 (em pé) a R$ 470 (para mesas de duas pessoas ou de grupos ímpares).



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Reserva dá desconto na balada

Ângela Corrêa
Do Diário do Grande ABC

30/12/2008 | 07:04


Se praias não são uma opção para este Réveillon e ficar em casa a primeira madrugada de janeiro tampouco é uma boa pedida, casas noturnas de São Paulo oferecem opções tanto para aqueles que não fazem questão de passar a virada ao lado da família quanto para aqueles que pretendem cear antes de cair na balada.

O melhor é escolher esse destino ainda hoje, de maneira que seja possível incluir o nome em listas ou imprimir flyers que garantem descontos na entrada, que podem ser um pouquinho mais caros do que os praticados durante o ano.

No Centro de São Paulo as opções começam na A Loca (Rua Frei Caneca, 916, Consolação. Tel.: 3159-8889 www.aloca.com.br), na festa Invert Special Réveillon, a partir da 1h. A entrada custa R$ 25. A casa é das únicas a abrir também no dia 1º, a partir da meia-noite, na festa Locuras, com entrada a mesmo preço.

No Vegas (Rua Augusta, 765. Centro. Tel.: 3231-3705 www.vegasclub.com.br), a balada é especial. A casa deve fechar em 2009, o que faz da festa a primeira e a única comemoração de Réveillon de lá. O ingresso é R$ 35 (R$ 30 com nome da lista) e a balada também começa à 1h.

Na Zona Oeste, points para roqueiros, fãs de música eletrônica e pagodeiros. A D-Edge Aalameda Olga, 170, Barra Funda. Tel.: 3666-9022 www.d-edge.com.br) abre a festa Cio. O ingresso vai de R$ 30 a R$ 35 (sem flyer).

No Porto Alcobaça (Av. Francisco Matarazzo, 734, Perdizes. Tel.: 3670-2222 www.alcobaca-sp.com.br), a mulherada que gosta de samba e que chegar antes da 1h se dará bem: a entrada é VIP. Após esse horário, paga R$ 10. Já os homens pagam de R$ 20 a R$ 30. Além de banda ao vivo, a casa mantém dois DJs: um com axé, pagode, funk e sertanejo e outro comandando seleção de música eletrônica.

BALADA E CEIA
O pub O'Malleys (Alameda Itu, 1.529, Jardim Paulista. Tel.: 3086-0780 www.omalleysbar.net), a programação começa às 23h, com a banda Rock Diggers. O ingresso custa R$ 40 para mulheres e R$ 60 para homens, com bufê incluído.

No Bourbon Street (Rua dos Chanés, 127. Tel.: 5095-6100, Moema. www.bourbonstreet.com.br) a Festa dos Anos 70 será com a banda Junkie Box. A programação começa às 20h de amanhã, com jantar, e segue até a manhã do dia 1º, com café-da-manhã e bebida à vontade. Os preços variam de R$ 325 (em pé) a R$ 470 (para mesas de duas pessoas ou de grupos ímpares).

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;