Fechar
Publicidade

Sábado, 18 de Janeiro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Economia

soraiapedrozo@dgabc.com.br | 4435-8057

Feira do Ciesp aproxima indústrias


Leone Farias
Do Diário do Grande ABC

28/05/2008 | 07:07


Um evento que facilitou o intercâmbio comercial entre indústrias do Grande ABC, seja para a venda de produtos seja para a compra de insumos, a 2ª Feira do Ciesp (Centro das Indústrias do Estado de São Paulo) da 8ª Macrorregião (que engloba o Grande ABC, Baixada Santista e Vale do Paraíba) recebeu ontem a visita de mais de 1.500 pessoas, entre empresários e executivos.

Realizada das 14h às 18h no Celex (Centro de Logística e Exportação), em São Paulo, a feira reuniu 121 expositores, de diversos segmentos - embora grande parte fosse de fabricantes de autopeças.

"Há casos de empresas que são vizinhas uma da outra mas não se conheciam. O evento serve para fortalecer negócios no Grande ABC, o que gera emprego e desenvolvimento econômico local", afirmou o coordenador da macrorregião, Mauro Miaguti.

Ele disse que é difícil estimar quanto será gerado em negócios por conta da feira, já que muitos fabricantes fazem itens sob projeto. Isso faz com que eventuais encomendas só sejam definidas após vários contatos.

No entanto, muitos expositores estavam animados com as perspectivas. "Somos da área de vendas mas também detectamos possibilidades de estabelecer novos fornecedores para a empresa", disse o gerente de vendas da DR Promaq, Agenor Gea.

Fundada em 1976 em São Bernardo, a DR Promaq é especializada em projeto e fabricação de máquinas especiais para o mercado de autopeças.

Eugênio Baranzini, gerente executivo da metalúrgica Agathon, também viu boas possibilidades no evento. "É interessante, porque podemos ver muito do que existe em serviços e produtos na região", afirmou. A empresa, com sede em Diadema, fabrica peças estampadas para os setores automotivo e moveleiro.

NO EXTERIOR
Além do intercâmbio comercial entre empresas da região, a feira também ofereceu contatos com representantes da Flórida (EUA) e do Kwait.

O empresário Alexandre Marchetto, da Talex, empresa de representação comercial de Santo André, observou interesse tanto do país do Oriente Médio quanto do Estado norte-americano por uma gama variada de produtos.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Feira do Ciesp aproxima indústrias

Leone Farias
Do Diário do Grande ABC

28/05/2008 | 07:07


Um evento que facilitou o intercâmbio comercial entre indústrias do Grande ABC, seja para a venda de produtos seja para a compra de insumos, a 2ª Feira do Ciesp (Centro das Indústrias do Estado de São Paulo) da 8ª Macrorregião (que engloba o Grande ABC, Baixada Santista e Vale do Paraíba) recebeu ontem a visita de mais de 1.500 pessoas, entre empresários e executivos.

Realizada das 14h às 18h no Celex (Centro de Logística e Exportação), em São Paulo, a feira reuniu 121 expositores, de diversos segmentos - embora grande parte fosse de fabricantes de autopeças.

"Há casos de empresas que são vizinhas uma da outra mas não se conheciam. O evento serve para fortalecer negócios no Grande ABC, o que gera emprego e desenvolvimento econômico local", afirmou o coordenador da macrorregião, Mauro Miaguti.

Ele disse que é difícil estimar quanto será gerado em negócios por conta da feira, já que muitos fabricantes fazem itens sob projeto. Isso faz com que eventuais encomendas só sejam definidas após vários contatos.

No entanto, muitos expositores estavam animados com as perspectivas. "Somos da área de vendas mas também detectamos possibilidades de estabelecer novos fornecedores para a empresa", disse o gerente de vendas da DR Promaq, Agenor Gea.

Fundada em 1976 em São Bernardo, a DR Promaq é especializada em projeto e fabricação de máquinas especiais para o mercado de autopeças.

Eugênio Baranzini, gerente executivo da metalúrgica Agathon, também viu boas possibilidades no evento. "É interessante, porque podemos ver muito do que existe em serviços e produtos na região", afirmou. A empresa, com sede em Diadema, fabrica peças estampadas para os setores automotivo e moveleiro.

NO EXTERIOR
Além do intercâmbio comercial entre empresas da região, a feira também ofereceu contatos com representantes da Flórida (EUA) e do Kwait.

O empresário Alexandre Marchetto, da Talex, empresa de representação comercial de Santo André, observou interesse tanto do país do Oriente Médio quanto do Estado norte-americano por uma gama variada de produtos.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;