Fechar
Publicidade

Sexta-Feira, 5 de Junho

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Cultura & Lazer

cultura@dgabc.com.br | 4435-8364

Rei das festas

Denis Maciel/DGABC Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra

Luis Felipe Soares
Do Diário do Grande ABC

08/12/2011 | 07:00


Diversos estilos musicais se encontram no repertório do cantor Michel Teló. Samba, baião, pagode, forró e música sertaneja estão mesclados no som de um dos artistas brasileiros mais populares da atualidade.
As canções de letras fáceis, refrões pegajosos e ritmos dançantes divertem o público, inclusive os fãs do Grande ABC, que lotaram na terça-feira a casa de shows temática Country Beer, em São Caetano, onde o rapaz subiu ao palco.

"Jamais sonhei com esse sucesso. Tudo isso já passou da conta do que imaginava. É absurdo a proporção que as músicas tomaram", diz Teló. "Tenho de aproveitar ao máximo esse momento especial. A vida de músico tem muita luta. Estou com 18 anos de carreira e não comecei hoje na profissão. Vivo um momento especial e a hora é agora."

O cantor estourou neste ano graças ao sucesso das canções 'Fugidinha' - uma das mais tocadas nas rádios em todo o País - e a recente 'Ai Se Eu Te Pego'. Ele é um dos líderes de uma geração sertaneja (se é possível denominar esse som moderno apenas como sertanejo) caracterizada pelo tom jovem da música pop, cabelos estrategicamente despenteados, carregado sotaque caipira e canções com duplo sentido.
Segundo Teló, essa falta de definição do som tem sido o motivo do sucesso. "Essa mistura que andamos fazendo agrada a diferentes tipos de público. Não ficamos presos a um único nicho de fãs."

Se a música eletrônica tomou conta das pistas entre as décadas de 1990 e 2000, o sertanejo universitário e suas inúmeras versões hoje não podem faltar no repertório dos DJs. Artistas como Teló, Luan Santana e
Gusttavo Lima parecem moldados ao máximo por experientes produtores para chegar prontos na mídia e ser alavancados a estrelas em poucos meses. A simplicidade de composições que trazem 'Nossa, nossa, assim você me mata' e 'Tchê tchê rere tchê tchê' mostram que o importante é apenas divertir e não se aventurar em obras mais complexas e ricas artisticamente.

O mérito desses novos cantores está em seu carisma. Apesar das bandas de apoio, todas as atenções se voltam para eles. Em cima do palco, eles falam sobre antigos amores, novas paixões, sexo, baladas e bebidas. São mestres de cerimônias à frente de grandes festas, e nada mais.

Moldados:
Os cantores do chamado sertanejo universitário parecem moldados sobre as mesmas características: tom jovem, cabelos (des)penteados com pasta e músicas de refrões fáceis e com duplo sentido. Eles não tendem a desenvolver composições mais complexas capazes de colocar suas meteóricas carreiras em risco.

O carisma desses artistas são seu grande trunfo e seu principal papel nos shows é servir como mestres de cerimônias da diversão do público.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Rei das festas

Luis Felipe Soares
Do Diário do Grande ABC

08/12/2011 | 07:00


Diversos estilos musicais se encontram no repertório do cantor Michel Teló. Samba, baião, pagode, forró e música sertaneja estão mesclados no som de um dos artistas brasileiros mais populares da atualidade.
As canções de letras fáceis, refrões pegajosos e ritmos dançantes divertem o público, inclusive os fãs do Grande ABC, que lotaram na terça-feira a casa de shows temática Country Beer, em São Caetano, onde o rapaz subiu ao palco.

"Jamais sonhei com esse sucesso. Tudo isso já passou da conta do que imaginava. É absurdo a proporção que as músicas tomaram", diz Teló. "Tenho de aproveitar ao máximo esse momento especial. A vida de músico tem muita luta. Estou com 18 anos de carreira e não comecei hoje na profissão. Vivo um momento especial e a hora é agora."

O cantor estourou neste ano graças ao sucesso das canções 'Fugidinha' - uma das mais tocadas nas rádios em todo o País - e a recente 'Ai Se Eu Te Pego'. Ele é um dos líderes de uma geração sertaneja (se é possível denominar esse som moderno apenas como sertanejo) caracterizada pelo tom jovem da música pop, cabelos estrategicamente despenteados, carregado sotaque caipira e canções com duplo sentido.
Segundo Teló, essa falta de definição do som tem sido o motivo do sucesso. "Essa mistura que andamos fazendo agrada a diferentes tipos de público. Não ficamos presos a um único nicho de fãs."

Se a música eletrônica tomou conta das pistas entre as décadas de 1990 e 2000, o sertanejo universitário e suas inúmeras versões hoje não podem faltar no repertório dos DJs. Artistas como Teló, Luan Santana e
Gusttavo Lima parecem moldados ao máximo por experientes produtores para chegar prontos na mídia e ser alavancados a estrelas em poucos meses. A simplicidade de composições que trazem 'Nossa, nossa, assim você me mata' e 'Tchê tchê rere tchê tchê' mostram que o importante é apenas divertir e não se aventurar em obras mais complexas e ricas artisticamente.

O mérito desses novos cantores está em seu carisma. Apesar das bandas de apoio, todas as atenções se voltam para eles. Em cima do palco, eles falam sobre antigos amores, novas paixões, sexo, baladas e bebidas. São mestres de cerimônias à frente de grandes festas, e nada mais.

Moldados:
Os cantores do chamado sertanejo universitário parecem moldados sobre as mesmas características: tom jovem, cabelos (des)penteados com pasta e músicas de refrões fáceis e com duplo sentido. Eles não tendem a desenvolver composições mais complexas capazes de colocar suas meteóricas carreiras em risco.

O carisma desses artistas são seu grande trunfo e seu principal papel nos shows é servir como mestres de cerimônias da diversão do público.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;