Fechar
Publicidade

Quinta-Feira, 20 de Fevereiro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Internacional

internacional@dgabc.com.br | 4435-8301

Delegacia que investiga Michael Jackson tinha escutas ilegais


Da EFE

30/11/2003 | 16:08


A polícia do condado de Santa Barbara, na Califórnia (Estados Unidos), informou neste domingo ter encontrado microfones escondidos em sua sede. Esta delegacia é responsável pelas investigações sobre os supostos abusos sexuais cometidos pelo cantor Michael Jackson contra um menor de idade.

Fontes policiais citadas pela imprensa local asseguraram que o mais provável é que os microfones tenham sido instalados por veículos de comunicação. A estratégia seria uma tentativa de obter informações exclusivas sobre o caso, que despertou uma grande guerra jornalística nos Estados Unidos.

Os microfones foram colocados entre as plantas de uma área de lazer utilizada pelos policiais para descansar durante sua jornada trabalho. A revelação da escuta coincidiu com o anúncio de que várias organizações de caridade que recebem dinheiro do cantor pretendem rever sua relação com Michael Jackson após a nova investigação.

Michael Jackson está no Guinness Book, o livro dos recordes, como o artista que mais dinheiro doou a grupos não-governamentais dedicados a projetos sociais.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Delegacia que investiga Michael Jackson tinha escutas ilegais

Da EFE

30/11/2003 | 16:08


A polícia do condado de Santa Barbara, na Califórnia (Estados Unidos), informou neste domingo ter encontrado microfones escondidos em sua sede. Esta delegacia é responsável pelas investigações sobre os supostos abusos sexuais cometidos pelo cantor Michael Jackson contra um menor de idade.

Fontes policiais citadas pela imprensa local asseguraram que o mais provável é que os microfones tenham sido instalados por veículos de comunicação. A estratégia seria uma tentativa de obter informações exclusivas sobre o caso, que despertou uma grande guerra jornalística nos Estados Unidos.

Os microfones foram colocados entre as plantas de uma área de lazer utilizada pelos policiais para descansar durante sua jornada trabalho. A revelação da escuta coincidiu com o anúncio de que várias organizações de caridade que recebem dinheiro do cantor pretendem rever sua relação com Michael Jackson após a nova investigação.

Michael Jackson está no Guinness Book, o livro dos recordes, como o artista que mais dinheiro doou a grupos não-governamentais dedicados a projetos sociais.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;