Fechar
Publicidade

Quarta-Feira, 19 de Fevereiro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Cultura & Lazer

cultura@dgabc.com.br | 4435-8364

Bruna Lombardi em debate

Divulgação Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra

Dojival Filho
Do Diário do Grande ABC

20/05/2008 | 07:05


A atriz e escritora Bruna Lombardi e o psicanalista Contardo Calligaris iniciam hoje, às 19h30, no CCBB (Centro Cultural Banco do Brasil), em São Paulo, a série de discussões do programa Psicanálise & Literatura. Intitulado O Escritor e o Lúdico, o encontro terá mediação do jornalista Daniel Piza e curadoria de Beatriz Carolina Gonçalves. A entrada é franca.

O projeto pretende discutir as relações entre os temas psicanalíticos e literários e prevê outros cinco debates até novembro. A programação conta com representantes das duas áreas, como as escritoras Lya Luft e Lygia Fagundes Telles, e o psicanalista Renato Mezan.

No primeiro encontro, Bruna e Calligaris tratam sobre o peso que as experiências da infância têm sobre a criatividade do escritor. "Quando era criança, treinei muito minha capacidade de observação. Gostava de brincar na rua, era muito moleca. Estava mais para a turma dos meninos que das meninas. Ao mesmo tempo, gostava de recolhimento e já buscava os livros", afirma Bruna.

ROTEIRISTA
Autora de volumes de poesia, romances e um livro infantil, ela encontra disposição para atuar como roteirista. Em 2007, escreveu o roteiro do longa-metragem O Signo da Cidade, também publicado em livro.

No filme, dirigido pelo marido de Bruna, o ator Carlos Alberto Riccelli, a atriz interpreta a astróloga Teca, que aconselha ouvintes solitários em seu programa de rádio noturno. O casal, que alterna temporadas em São Paulo e Los Angeles, já havia feito uma parceria desse tipo em 2005, no longa Stress, Orgasm & Salvation.

"Basicamente, um roteiro conta uma história e o que ele tem parecido com a poesia é o fato de que os dois procuram a síntese. O ruim da poesia é quando ela muito prolixa", define a escritora.

Psicanálise & Literatura - Hoje, às 19h30. No Centro Cultural Banco do Brasil - Rua Álvares Penteado, 112, São Paulo. Tel.: 3113-3651 . Entrada franca mediante retirada de senha no local, a partir das 10h.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Bruna Lombardi em debate

Dojival Filho
Do Diário do Grande ABC

20/05/2008 | 07:05


A atriz e escritora Bruna Lombardi e o psicanalista Contardo Calligaris iniciam hoje, às 19h30, no CCBB (Centro Cultural Banco do Brasil), em São Paulo, a série de discussões do programa Psicanálise & Literatura. Intitulado O Escritor e o Lúdico, o encontro terá mediação do jornalista Daniel Piza e curadoria de Beatriz Carolina Gonçalves. A entrada é franca.

O projeto pretende discutir as relações entre os temas psicanalíticos e literários e prevê outros cinco debates até novembro. A programação conta com representantes das duas áreas, como as escritoras Lya Luft e Lygia Fagundes Telles, e o psicanalista Renato Mezan.

No primeiro encontro, Bruna e Calligaris tratam sobre o peso que as experiências da infância têm sobre a criatividade do escritor. "Quando era criança, treinei muito minha capacidade de observação. Gostava de brincar na rua, era muito moleca. Estava mais para a turma dos meninos que das meninas. Ao mesmo tempo, gostava de recolhimento e já buscava os livros", afirma Bruna.

ROTEIRISTA
Autora de volumes de poesia, romances e um livro infantil, ela encontra disposição para atuar como roteirista. Em 2007, escreveu o roteiro do longa-metragem O Signo da Cidade, também publicado em livro.

No filme, dirigido pelo marido de Bruna, o ator Carlos Alberto Riccelli, a atriz interpreta a astróloga Teca, que aconselha ouvintes solitários em seu programa de rádio noturno. O casal, que alterna temporadas em São Paulo e Los Angeles, já havia feito uma parceria desse tipo em 2005, no longa Stress, Orgasm & Salvation.

"Basicamente, um roteiro conta uma história e o que ele tem parecido com a poesia é o fato de que os dois procuram a síntese. O ruim da poesia é quando ela muito prolixa", define a escritora.

Psicanálise & Literatura - Hoje, às 19h30. No Centro Cultural Banco do Brasil - Rua Álvares Penteado, 112, São Paulo. Tel.: 3113-3651 . Entrada franca mediante retirada de senha no local, a partir das 10h.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;