Fechar
Publicidade

Sábado, 11 de Julho

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Política

politica@dgabc.com.br | 4435-8391

Questao política sobre FEF está resolvida, diz Aloysio


Do Diário do Grande ABC

01/12/1999 | 12:58


O ministro-chefe da Secretaria Geral da Presidência da República, Aloysio Nunes Ferreira, disse nesta quarta ao deixar o gabinete da liderança do governo na Câmara, que a questao política em torno da prorrogaçao da vigência do Fundo de Estabilizaçao Fiscal (FEF) "já está equacionada". Segundo o ministro, a única dificuldade para votar a proposta na sessao de hoje é que a pauta do plenário da Câmara está "bastante carregada". O mais provável, segundo o ministro, é que a votaçao do FEF seja feita em uma sessao extraordinária, na semana que vem. Isso porque a proposta de emenda constitucional de reforma do Judiciário pode começar a ser discutida nesta semana e, durante o tempo de votaçao do substitutivo da relatora, Zulaiê Cobra (PSDB-SP), e dos destaques, outras matérias só poderao ser apreciadas em sessoes extraordinárias.


Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Questao política sobre FEF está resolvida, diz Aloysio

Do Diário do Grande ABC

01/12/1999 | 12:58


O ministro-chefe da Secretaria Geral da Presidência da República, Aloysio Nunes Ferreira, disse nesta quarta ao deixar o gabinete da liderança do governo na Câmara, que a questao política em torno da prorrogaçao da vigência do Fundo de Estabilizaçao Fiscal (FEF) "já está equacionada". Segundo o ministro, a única dificuldade para votar a proposta na sessao de hoje é que a pauta do plenário da Câmara está "bastante carregada". O mais provável, segundo o ministro, é que a votaçao do FEF seja feita em uma sessao extraordinária, na semana que vem. Isso porque a proposta de emenda constitucional de reforma do Judiciário pode começar a ser discutida nesta semana e, durante o tempo de votaçao do substitutivo da relatora, Zulaiê Cobra (PSDB-SP), e dos destaques, outras matérias só poderao ser apreciadas em sessoes extraordinárias.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;