Fechar
Publicidade

Terça-Feira, 14 de Julho

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Nacional

nacional@dgabc.com.br | 4435-8301

Três assaltantes do BB de Ribeirao Preto sao presos


Do Diário do Grande ABC

23/01/1999 | 14:07


Três dos cerca de 15 integrantes - esse número pode ser maior - da quadrilha que assaltou a principal agência do Banco do Brasil na sexta-feira, em Ribeirao Preto, foram presos pelo setor de homicídios da Delegacia de Investigaçoes Gerais (DIG) aproximadamente 12 horas após a açao.

Todos tinham passagens pela polícia e condenaçoes por assaltos. Eles confessaram a participaçao no assalto, mas nao estavam com parte do dinheiro. A polícia investiga, agora, os demais participantes, que levaram cerca de R$ 9 milhoes. Foi o maior assalto a banco de Ribeirao, que teve 12 reféns numa chácara e muita ousadia.

O delegado da DIG, Samuel Zanferdini, disse que teve algumas informaçoes da açao dos assaltantes no próprio banco e de onde poderiam encontrar alguns suspeitos. Das 12h às 21h da sexta-feira), investigadores observaram uma casa, no bairro de Vila Virgínia. Duas pessoas saíram à noite, numa Parati vinho. Eles foram abordados e um dos investigadores identificou rapidamente Newton Edson de Oliveira, de 41 anos, conhecido por Costela, que havia participado de um roubo a um frigorífico na cidade há seis anos. Oliveira estava foragido, condenado a seis anos de prisao. O acompanhante de Oliveira, Hilton José da Silva, de 44, que tem condenaçao de 50 anos por assaltos, também foi preso.

Com a detençao dos dois, os investigadores voltaram à residência, que é da sobrinha de Oliveira. Jefherson Leao Reis, de 36 anos, outro assaltante, que tem 30 anos de condenaçao, foi preso. Reis manca em uma das pernas porque levou três tiros na cabeça em um assalto a um carro-forte há alguns meses. Num dos quartos da casa foram encontrados um fuzil AR-15, uma granada, uma pistola de 9 milímetros, um colete à prova de balas, muniçoes e carteiras de identidade falsas. A dona da casa nao sabia do conteúdo, pois todo o material estava numa maleta de violao. Os três assaltantes foram conduzidos à Cadeia Pública de Vila Branca.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Três assaltantes do BB de Ribeirao Preto sao presos

Do Diário do Grande ABC

23/01/1999 | 14:07


Três dos cerca de 15 integrantes - esse número pode ser maior - da quadrilha que assaltou a principal agência do Banco do Brasil na sexta-feira, em Ribeirao Preto, foram presos pelo setor de homicídios da Delegacia de Investigaçoes Gerais (DIG) aproximadamente 12 horas após a açao.

Todos tinham passagens pela polícia e condenaçoes por assaltos. Eles confessaram a participaçao no assalto, mas nao estavam com parte do dinheiro. A polícia investiga, agora, os demais participantes, que levaram cerca de R$ 9 milhoes. Foi o maior assalto a banco de Ribeirao, que teve 12 reféns numa chácara e muita ousadia.

O delegado da DIG, Samuel Zanferdini, disse que teve algumas informaçoes da açao dos assaltantes no próprio banco e de onde poderiam encontrar alguns suspeitos. Das 12h às 21h da sexta-feira), investigadores observaram uma casa, no bairro de Vila Virgínia. Duas pessoas saíram à noite, numa Parati vinho. Eles foram abordados e um dos investigadores identificou rapidamente Newton Edson de Oliveira, de 41 anos, conhecido por Costela, que havia participado de um roubo a um frigorífico na cidade há seis anos. Oliveira estava foragido, condenado a seis anos de prisao. O acompanhante de Oliveira, Hilton José da Silva, de 44, que tem condenaçao de 50 anos por assaltos, também foi preso.

Com a detençao dos dois, os investigadores voltaram à residência, que é da sobrinha de Oliveira. Jefherson Leao Reis, de 36 anos, outro assaltante, que tem 30 anos de condenaçao, foi preso. Reis manca em uma das pernas porque levou três tiros na cabeça em um assalto a um carro-forte há alguns meses. Num dos quartos da casa foram encontrados um fuzil AR-15, uma granada, uma pistola de 9 milímetros, um colete à prova de balas, muniçoes e carteiras de identidade falsas. A dona da casa nao sabia do conteúdo, pois todo o material estava numa maleta de violao. Os três assaltantes foram conduzidos à Cadeia Pública de Vila Branca.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;