Fechar
Publicidade

Domingo, 26 de Janeiro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Setecidades

setecidades@dgabc.com.br | 4435-8319

Moradores reivindicam carta em casa


William Cardoso
Do Diário do Grande ABC

30/10/2008 | 07:03


Moradores da Rua dos Missionários, no Jardim Santo André, em Santo André, têm encontrado dificuldade para receber correspondências e reivindicam solução para o problema. A numeração confusa das casas contribui para a desorganização geral e provoca atrasos nos pagamentos de contas, o que acarreta em multas.

A energia elétrica já chegou em grande parte das casas. Porém, as contas ficam espalhadas em estabelecimentos comerciais ao longo da via. "Por uns dois meses, o pessoal do bairro passou por aqui para pegar os boletos. Os responsáveis pela distribuição deixavam aqui conosco, porque ficamos abertos das 8h às 22h", diz Jadi Barbosa Ferreira, 44 anos, dono de um bar.

Também dono de bar, Antonio José da Silva, 57, vive situação curiosa. Ele colabora com a distribuição de contas dos outros, mas quando quer a sua própria correspondência tem de sair do estabelecimento. "Até agora, não sei para onde mandaram."

Estagiário de um escritório de advocacia, Eduardo Freitas, 34, também ajuda moradores que não recebem contas em casa. "Alguns utilizam o escritório como referência. Temos três, quatro residências com o mesmo número nesta rua", diz.

Os Correios informam que, em aproximadamente 30 dias, os moradores terão as correspondências entregues nas próprias residências. Enquanto isso, todas as contas e cartas ficarão à disposição na agência da Estrada do Pedroso, 407. Já a Prefeitura de Santo André diz que abriu o processo 48.419/2008 para que seja feita a revisão da numeração. Ainda não há prazo para conclusão dos trabalhos, que dependem da quantidade de números a serem trocados e da dificuldade de vistoria por parte dos cadastradores.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Moradores reivindicam carta em casa

William Cardoso
Do Diário do Grande ABC

30/10/2008 | 07:03


Moradores da Rua dos Missionários, no Jardim Santo André, em Santo André, têm encontrado dificuldade para receber correspondências e reivindicam solução para o problema. A numeração confusa das casas contribui para a desorganização geral e provoca atrasos nos pagamentos de contas, o que acarreta em multas.

A energia elétrica já chegou em grande parte das casas. Porém, as contas ficam espalhadas em estabelecimentos comerciais ao longo da via. "Por uns dois meses, o pessoal do bairro passou por aqui para pegar os boletos. Os responsáveis pela distribuição deixavam aqui conosco, porque ficamos abertos das 8h às 22h", diz Jadi Barbosa Ferreira, 44 anos, dono de um bar.

Também dono de bar, Antonio José da Silva, 57, vive situação curiosa. Ele colabora com a distribuição de contas dos outros, mas quando quer a sua própria correspondência tem de sair do estabelecimento. "Até agora, não sei para onde mandaram."

Estagiário de um escritório de advocacia, Eduardo Freitas, 34, também ajuda moradores que não recebem contas em casa. "Alguns utilizam o escritório como referência. Temos três, quatro residências com o mesmo número nesta rua", diz.

Os Correios informam que, em aproximadamente 30 dias, os moradores terão as correspondências entregues nas próprias residências. Enquanto isso, todas as contas e cartas ficarão à disposição na agência da Estrada do Pedroso, 407. Já a Prefeitura de Santo André diz que abriu o processo 48.419/2008 para que seja feita a revisão da numeração. Ainda não há prazo para conclusão dos trabalhos, que dependem da quantidade de números a serem trocados e da dificuldade de vistoria por parte dos cadastradores.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;