Fechar
Publicidade

Segunda-Feira, 13 de Julho

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Setecidades

setecidades@dgabc.com.br | 4435-8319

Projeto Drenar causa transtornos para moradores de São Bernardo

Andréa Iseki/DGABC  Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra

Vizinhos relatam vazamento de esgoto e mau cheiro em região de obra


Daniel Macário
Especial para o Diário

03/12/2014 | 07:00


Aguardada depois de longo período de estiagem, a chuva, enfim, chegou ao Grande ABC na semana passada. Entretanto, se o período trouxe alívio para alguns, para os moradores do bairro Rudge Ramos, em São Bernardo, a temporada já fez estragos, todos causados, segundo eles, após a realização de obras do Projeto Drenar na região, que tem como objetivo justamente prevenir as enchentes. Há uma semana, moradores das ruas Vinte e Um de Abril, Sete de Setembro e Doze de Outubro, todas próximas à Avenida Senador Vergueiro, estão sofrendo com vazamento de esgoto constante nas ruas e dentro das residências.

“Há uma semana estamos convivendo com esgoto entupido que volta para dentro dos quintais. Além disso, o mau cheiro é insuportável. Esse problema começou após as obras do Projeto Drenar”, revela o consultor Fábio José Alberto, 50 anos.

A dona de casa Terezinha de Jesus Garcia Cassamassino, 62, também relata problemas com o esgoto. “Na semana passada entrou até uma fralda em casa,” comenta a moradora que, para sanar o problema, tem colocado proteção em sua saída para esgoto, tais como caixas e tábuas de madeira.

Procurada pelo Diário, a Sabesp (Companhia de Saneamento Básico do Estado de São Paulo) informou que uma equipe fará reparo no coletor de esgoto localizado na região para solucionar o problema.

Já a Prefeitura de São Bernardo afirmou apenas que o Projeto Drenar não foi o causador dos vazamentos. 



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Projeto Drenar causa transtornos para moradores de São Bernardo

Vizinhos relatam vazamento de esgoto e mau cheiro em região de obra

Daniel Macário
Especial para o Diário

03/12/2014 | 07:00


Aguardada depois de longo período de estiagem, a chuva, enfim, chegou ao Grande ABC na semana passada. Entretanto, se o período trouxe alívio para alguns, para os moradores do bairro Rudge Ramos, em São Bernardo, a temporada já fez estragos, todos causados, segundo eles, após a realização de obras do Projeto Drenar na região, que tem como objetivo justamente prevenir as enchentes. Há uma semana, moradores das ruas Vinte e Um de Abril, Sete de Setembro e Doze de Outubro, todas próximas à Avenida Senador Vergueiro, estão sofrendo com vazamento de esgoto constante nas ruas e dentro das residências.

“Há uma semana estamos convivendo com esgoto entupido que volta para dentro dos quintais. Além disso, o mau cheiro é insuportável. Esse problema começou após as obras do Projeto Drenar”, revela o consultor Fábio José Alberto, 50 anos.

A dona de casa Terezinha de Jesus Garcia Cassamassino, 62, também relata problemas com o esgoto. “Na semana passada entrou até uma fralda em casa,” comenta a moradora que, para sanar o problema, tem colocado proteção em sua saída para esgoto, tais como caixas e tábuas de madeira.

Procurada pelo Diário, a Sabesp (Companhia de Saneamento Básico do Estado de São Paulo) informou que uma equipe fará reparo no coletor de esgoto localizado na região para solucionar o problema.

Já a Prefeitura de São Bernardo afirmou apenas que o Projeto Drenar não foi o causador dos vazamentos. 

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;