Fechar
Publicidade

Segunda-Feira, 6 de Julho

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Setecidades

setecidades@dgabc.com.br | 4435-8319

Sargento aposentado da
PM é executado em 'bico'

Crime ocorreu em frente à padaria na Vila Pires, em Santo
André; este é o 2º caso registrado em menos de 15 dias


Rafael Ribeiro
Do Diário do Grande ABC

10/09/2012 | 07:00


O sargento aposentado da Polícia Militar João Luiz de Paula Ferreira, 55 anos, foi executado com dois tiros, um no coração e outro na perna direita, na noite de sábado. O crime ocorreu em frente à padaria onde trabalhava como segurança haviam oito anos na Vila Pires, em Santo André.

É a segunda ocorrência do tipo no Grande ABC em menos de 15 dias. Em 24 de agosto, o também sargento aposentado Valdinei Aparecido da Conceição, 53, foi morto com 23 tiros em um bar próximo de sua casa no Ferrazópolis, em São Bernardo. Na ocasião, um acusado de participação no crime morreu em tiroteio com policiais militares.

Em 15 de agosto, outro policial militar aposentado, de 65 anos, foi alvo de criminosos enquanto caminhava com o cachorro, em Santo André, mas os oito tiros acertaram muros e placas próximas.

Segundo testemunhos de amigos, familiares e funcionários do local, Ferreira era simpático e não tinha inimigos. Tinha o hábito de contar piadas e ouvir música em seu Palio preto, onde estava quando foi executado. Estava aposentado desde 2009, após trabalhar 30 anos na corporação, a maior parte deles na própria cidade.

Por volta das 22h, o segurança estava no veículo esperando o caixa da padaria fechar quando moto sem placa apareceu com dois homens. Foram três disparos feitos pelo garupa com pistola calibre 380. Um deles acertou a lataria do carro. Morador do Jardim Irene, chegou a ser socorrido ao Hospital São José, mas morreu no caminho.

Cerca de 100 pessoas compareceram ao enterro, no Cemitério Santo André, na Vila Humaitá. Ocaso foi registrado no 1º DP (Centro) da cidade, mas será investigado pelo departamento de Homicídios. Testemunhas não conseguiram dar detalhes dos autores pelo fato de estarem de capacete, mas as suspeitas recaem sobre um homem preso por ele há 20 dias por tentar roubar a padaria e que estaria solto.

A polícia também investigará a participação de dois homens presos na favela da Gamboa no quarta-feira. Um deles tinha no bolso carta de facção criminosa com orientação para executar policiais militares.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Sargento aposentado da
PM é executado em 'bico'

Crime ocorreu em frente à padaria na Vila Pires, em Santo
André; este é o 2º caso registrado em menos de 15 dias

Rafael Ribeiro
Do Diário do Grande ABC

10/09/2012 | 07:00


O sargento aposentado da Polícia Militar João Luiz de Paula Ferreira, 55 anos, foi executado com dois tiros, um no coração e outro na perna direita, na noite de sábado. O crime ocorreu em frente à padaria onde trabalhava como segurança haviam oito anos na Vila Pires, em Santo André.

É a segunda ocorrência do tipo no Grande ABC em menos de 15 dias. Em 24 de agosto, o também sargento aposentado Valdinei Aparecido da Conceição, 53, foi morto com 23 tiros em um bar próximo de sua casa no Ferrazópolis, em São Bernardo. Na ocasião, um acusado de participação no crime morreu em tiroteio com policiais militares.

Em 15 de agosto, outro policial militar aposentado, de 65 anos, foi alvo de criminosos enquanto caminhava com o cachorro, em Santo André, mas os oito tiros acertaram muros e placas próximas.

Segundo testemunhos de amigos, familiares e funcionários do local, Ferreira era simpático e não tinha inimigos. Tinha o hábito de contar piadas e ouvir música em seu Palio preto, onde estava quando foi executado. Estava aposentado desde 2009, após trabalhar 30 anos na corporação, a maior parte deles na própria cidade.

Por volta das 22h, o segurança estava no veículo esperando o caixa da padaria fechar quando moto sem placa apareceu com dois homens. Foram três disparos feitos pelo garupa com pistola calibre 380. Um deles acertou a lataria do carro. Morador do Jardim Irene, chegou a ser socorrido ao Hospital São José, mas morreu no caminho.

Cerca de 100 pessoas compareceram ao enterro, no Cemitério Santo André, na Vila Humaitá. Ocaso foi registrado no 1º DP (Centro) da cidade, mas será investigado pelo departamento de Homicídios. Testemunhas não conseguiram dar detalhes dos autores pelo fato de estarem de capacete, mas as suspeitas recaem sobre um homem preso por ele há 20 dias por tentar roubar a padaria e que estaria solto.

A polícia também investigará a participação de dois homens presos na favela da Gamboa no quarta-feira. Um deles tinha no bolso carta de facção criminosa com orientação para executar policiais militares.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;