Fechar
Publicidade

Quinta-Feira, 9 de Abril

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Cultura & Lazer

cultura@dgabc.com.br | 4435-8364

Tributo ilustrado


Alessandro Soares
Do Diário do Grande ABC

29/06/2007 | 07:04


A 12ª edição da feira de quadrinhos Fest Comix, que começa nesta sexta-feira em São Paulo e vai até domingo (1º), é um tributo a um jovem artista das histórias em quadrinhos que teve vida e obra encerradas aos 25 anos.

O desenhista Hermes Tadeu tinha uma carrreira em ascensão. Havia acabado de fechar contrato com a editora Marvel, a mesma de Homem-Aranha, Quarteto Fantástico e o Surfista Prateado. Ele seria o colorista dos desenhos de Mike Deodato Jr., paraibano radicado nos Estados Unidos, das revistas do Hulk, o monstro verde enfurecido também alçado às telas de cinema. Hermes enviou para a editora, em dezembro de 2003, as páginas da primeira revista totalmente colorida por ele, a edição número 70, que viria a ser seu último trabalho também. Foi em seguida com a namorada, de moto, para Praia Grande, onde no dia 20 morreu com um tiro no peito, em uma tentativa de assalto.

Sua irmã, Dalila da Silva, escreveu Sob o Olhar do Corvo – A História de Hermes Tadeu (Factash Editora, 147 págs., R$ 20 na feira), biografia que será lançada nesta sexta-feira na Fest Comix, com uma palestra da autora às 13h e uma mostra com 200 trabalhos do desenhista, entre publicados e inéditos.

O livro é uma expiação da dor da família, uma defesa apaixonada do irmão e sua obra, mas também é uma crítica mordaz contra a sensação de impunidade – o assassino foi condenado a 30 anos, mas cumpriu apenas cinco anos em regime fechado. Esses dois momentos estão presentes na obra até na tipologia das letras, com capítulos em formato light, representativo da vida de Hermes Tadeu, seus amigos, seu amadurecimento, suas escolhas, seus planos, seus desenhos, e capítulos em formato bold, ou negrito, que abordam momentos anteriores ao crime, a morte, o luto e a luta por justiça.

No miolo há um encarte colorido com uma seleção dos desenhos de Hermes nos quais sobressai um traço sombrio e realista. Entre eles pin- ups, o monstruoso Eddie, mascote da banda Iron Maiden, uma das preferidas do desenhista, e seus heróis favoritos, Homem-Aranha, Wolverine e o Corvo. Aqui, um paralelo. Brandon Lee, ator que fazia o personagem no filme adaptado da história original em quadrinhos, morreu acidentalmente aos 28 anos, no set de filmagens, atingido no abdome por um projétil, em 1993. Era filho de Bruce Lee, astro chinês dos filmes de lutas marciais, morto três décadas antes do filho, de edema cerebral, no auge da carreira, aos 33 anos. Hermes era fã dos dois.

Natural de Sorocaba (SP), Hermes iniciou carreira no quadrinho nacional aos 18 anos, em 1996. Era autodidata – seu pai desenhava heróis e foi uma das influências de infância. Aprimorou o estilo seguindo traços realistas de nomes como Alex Ross. Atuou profissionalmente com ilustrações, publicidade, depois heróis de HQs e clipes ilustrados de estrelas do rock, assinando Hermes T. Publicou no Brasil e Estados Unidos, como colorista e ilustrador. Sua única história em quadrinhos escrita e desenhada foi Don’t Give Up, publicada na (extinta) revista nacional Metal Pesado, número 5, de outubro de 1997. O enredo original foi modificado pelo editor, e o desenhista acatou as sugestões. O livro de Dalila traz o texto original, inédito. É sobre um rapaz que remói a morte de uma jovem de 20 anos, assassinada friamente sem que o criminoso fosse preso. Anos depois, a vida imitaria a arte seqüencial.

12ª Fest Comix – Quadrinhos antigos, lançamentos, bonecos, objetos colecionáveis, exposição, DVDs, livros. De sexta-feira a 1º de julho. No Espaço de Eventos do Colégio São Luís – r. Luís Coelho, 323, estação Consolação do Metrô, São Paulo. Tels.: 3951-5029 e 3951-5037. Das 10h às 20h (nesta sexta-feira e neste sábado); e das 10h às 18h (domingo). Ingr.: R$ 5. Site: www.comix.com.br/fest



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Tributo ilustrado

Alessandro Soares
Do Diário do Grande ABC

29/06/2007 | 07:04


A 12ª edição da feira de quadrinhos Fest Comix, que começa nesta sexta-feira em São Paulo e vai até domingo (1º), é um tributo a um jovem artista das histórias em quadrinhos que teve vida e obra encerradas aos 25 anos.

O desenhista Hermes Tadeu tinha uma carrreira em ascensão. Havia acabado de fechar contrato com a editora Marvel, a mesma de Homem-Aranha, Quarteto Fantástico e o Surfista Prateado. Ele seria o colorista dos desenhos de Mike Deodato Jr., paraibano radicado nos Estados Unidos, das revistas do Hulk, o monstro verde enfurecido também alçado às telas de cinema. Hermes enviou para a editora, em dezembro de 2003, as páginas da primeira revista totalmente colorida por ele, a edição número 70, que viria a ser seu último trabalho também. Foi em seguida com a namorada, de moto, para Praia Grande, onde no dia 20 morreu com um tiro no peito, em uma tentativa de assalto.

Sua irmã, Dalila da Silva, escreveu Sob o Olhar do Corvo – A História de Hermes Tadeu (Factash Editora, 147 págs., R$ 20 na feira), biografia que será lançada nesta sexta-feira na Fest Comix, com uma palestra da autora às 13h e uma mostra com 200 trabalhos do desenhista, entre publicados e inéditos.

O livro é uma expiação da dor da família, uma defesa apaixonada do irmão e sua obra, mas também é uma crítica mordaz contra a sensação de impunidade – o assassino foi condenado a 30 anos, mas cumpriu apenas cinco anos em regime fechado. Esses dois momentos estão presentes na obra até na tipologia das letras, com capítulos em formato light, representativo da vida de Hermes Tadeu, seus amigos, seu amadurecimento, suas escolhas, seus planos, seus desenhos, e capítulos em formato bold, ou negrito, que abordam momentos anteriores ao crime, a morte, o luto e a luta por justiça.

No miolo há um encarte colorido com uma seleção dos desenhos de Hermes nos quais sobressai um traço sombrio e realista. Entre eles pin- ups, o monstruoso Eddie, mascote da banda Iron Maiden, uma das preferidas do desenhista, e seus heróis favoritos, Homem-Aranha, Wolverine e o Corvo. Aqui, um paralelo. Brandon Lee, ator que fazia o personagem no filme adaptado da história original em quadrinhos, morreu acidentalmente aos 28 anos, no set de filmagens, atingido no abdome por um projétil, em 1993. Era filho de Bruce Lee, astro chinês dos filmes de lutas marciais, morto três décadas antes do filho, de edema cerebral, no auge da carreira, aos 33 anos. Hermes era fã dos dois.

Natural de Sorocaba (SP), Hermes iniciou carreira no quadrinho nacional aos 18 anos, em 1996. Era autodidata – seu pai desenhava heróis e foi uma das influências de infância. Aprimorou o estilo seguindo traços realistas de nomes como Alex Ross. Atuou profissionalmente com ilustrações, publicidade, depois heróis de HQs e clipes ilustrados de estrelas do rock, assinando Hermes T. Publicou no Brasil e Estados Unidos, como colorista e ilustrador. Sua única história em quadrinhos escrita e desenhada foi Don’t Give Up, publicada na (extinta) revista nacional Metal Pesado, número 5, de outubro de 1997. O enredo original foi modificado pelo editor, e o desenhista acatou as sugestões. O livro de Dalila traz o texto original, inédito. É sobre um rapaz que remói a morte de uma jovem de 20 anos, assassinada friamente sem que o criminoso fosse preso. Anos depois, a vida imitaria a arte seqüencial.

12ª Fest Comix – Quadrinhos antigos, lançamentos, bonecos, objetos colecionáveis, exposição, DVDs, livros. De sexta-feira a 1º de julho. No Espaço de Eventos do Colégio São Luís – r. Luís Coelho, 323, estação Consolação do Metrô, São Paulo. Tels.: 3951-5029 e 3951-5037. Das 10h às 20h (nesta sexta-feira e neste sábado); e das 10h às 18h (domingo). Ingr.: R$ 5. Site: www.comix.com.br/fest

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;