Fechar
Publicidade

Domingo, 28 de Novembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

setecidades@dgabc.com.br | 4435-8319

Rede Lucy Montoro de Diadema começa a funcionar em setembro

André Henriques Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra

Após sete anos de espera, serviço de reabilitação deve abrir as portas no final do próximo mês, sob gestão da Fundação ABC


Aline Melo
Do Diário do Grande ABC

10/08/2021 | 14:45


O vice-governador do Estado de São Paulo, Rodrigo Garcia (PSDB), esteve na manhã de hoje (10) em Diadema para anunciar o início das atividades da unidade da Rede Lucy Montoro na cidade. Especializado em recuperação, o equipamento é esperado há seis anos, após parceria firmada em 2014 entre a prefeitura, então sob comando do ex-prefeito Lauro Michels (PV) e o governo estadual. Agora, a previsão é que no final de setembro os atendimentos comecem, sob responsabilidade da Fundação ABC, que vai receber R$ 630 mil ao mês, por cinco anos, pela prestação de serviço.

Garcia evitou apontar culpados pelo atraso na prestação do serviço, que vai funcionar no segundo andar do Quarteirão da Saúde, na região central da cidade. Em 2018, o ex-governador e candidato a presidente, Geraldo Alckmin (PSDB), chegou a participar de uma cerimônia de inauguração dos serviços, que efetivamente nunca foram prestados. “É difícil falar no passado. Quando nós assumimos, em 2019, o governo tínhamos um déficit orçamentário muito grande. Veio a pandemia e isso fez com que a prioridade no estado fosse o cuidado e combate à Covid e agora, deixando a pandemia para tras com a vacinação, retomamos esses grandes investimentos”, declarou.

Segundo o vice-governador, o Estado está focando em preparar a saúde para o período pós-Covid, tanto com atendimentos de reabilitação de quem ficou com alguma sequela em decorrência da doença, tanto com consultas e cirurgias eletivas que acabaram deixando de ser feitas, quando o foco era o combate à pandemia. “Todos os nossos hospitais regionais e também os equipamentos estaduais serão ampliados a partir do último trimestre deste ano, para poder atender à população, e o importante é que agora a Rede Lucy Montoro se transforma em realidade a partir do mês que vem em Diadema”, concluiu.

A Secretaria de Estado da Saúde ainda está definindo o fluxo de atendimento da unidade da Rede Lucy Montoro, cujas vagas serão reguladas pela Cross (Central de Regulação e Oferta de Serviços de Saúde) e disponibilizadas não apenas para os moradores da cidade, mas também de outras cidades do Grande ABC. “Queremos também recuperar o nosso serviço de fisioterapia, que foi retirado do Quarteirão. Mas já está tudo muito bem definido, o espaço vai ser para a Lucy Montoro e tanto a nossa cidade quanto a região serão bem atendidas”, afirmou o prefeito de Diadema, Jose de Filippi Junior (PT).

O chefe do Executivo diademense destacou que o evento era a prova de que quando os governos estadual e municipal se unem, é possível encontrar soluções. “Foi uma agenda construída ao longo de dois meses. Tínhamos um espaço de quase dois mil metros quadrados, que precisava ser aberto e não podia mais ser símbolo de disputa política e de abandono”, pontuou. O petista reconheceu que a pandemia interrompeu uma série de investimentos, mas acredita que também tenha havido algum conflito entre o Palácio dos Bandeirantes e o governo municipal anterior. “Na segunda visita que fiz ao governador falei ''''''''vamos botar um fim nisso?'''''''' e assim foi feito. As duas instituições têm que se somar para abrir nesse momento tão necessário para pessoas que enfrentam sequelas da pandemia”, finalizou. 

Restaurante Bom Prato será construído no bairro Eldorado

A Prefeitura de Diadema e o Governo do Estado de São Paulo vão implementar, em parceria, uma unidade do Restaurante Bom Prato no bairro Eldorado, zona sul da cidade. Segundo o prefeito José de Filippi Junior (PT), três imóveis na Avenida Nossa Senhora dos Navegantes estão sendo vistoriados pelos técnicos municipais e estaduais para a instalação do equipamento. A expectativa é que a unidade do Restaurante Bom Prato esteja em funcionamento no começo do ano que vem. Serão investidos R$ 2 milhões, sendo R$ 1 milhão pelo governo estadual e R$ 1 milhão pelo governo municipal. O restaurante vai servir 1.200 refeições e 300 café da manhã, e deve funcionar no modelo com almoço e janta.

A Secretaria de Desenvolvimento Social também anunciou o pagamento do programa vale-gás para 3.908 famílias da cidade, que vão receber três parcelas de R$ 100 a cada dois meses. Lançado em junho, o benefício de transferência de renda visa responder às constantes alta de preço do botijão de gás de cozinha e garantir a proteção social de mais de 420 mil famílias em maior vulnerabilidade nos 645 municípios paulistas, impactando mais de 2 milhões de pessoas. O programa é voltado a famílias cadastradas no CadÚnico (sem Bolsa Família) e com renda per capita de até R$ 178,00. No Grande ABC,  19.344 famílias estão sendo beneficiadas.



Quer receber em primeira mão as notícias das sete cidades do Grande ABC?

Entre no nosso grupo de WhatsApp. 
Clique aqui.
 

Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;