Fechar
Publicidade

Sábado, 31 de Julho

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

|

Atila revela quem vai escolher seu vice: a mãe


Raphael Rocha

05/09/2020 | 00:01


O prefeito de Mauá, Atila Jacomussi (PSB), realiza hoje pela manhã sua convenção adiantando que dificilmente vai apresentar o nome de seu vice. Mas uma etapa será primordial na escolha: ouvir sua mãe, Maria Eva Monteiro Jacomussi. “Estamos aguardando a base aliada, conversando com presidentes dos partidos. Vamos apresentar o nome nos próximos dias. Não há necessidade de apresentar na convenção de sábado (hoje). Vamos cuidar como bebê deste nome. Não posso cometer nenhum erro. Vou ouvir minha mãe, algo que não fiz da última vez”, disparou o socialista, ao se lembrar da companheira de chapa de 2016, a ex-primeira-dama Alaíde Damo (MDB), com quem viveu relação bastante conturbada durante o mandato. Ele deixou a entender que Eva não queria Alaíde como aliada do filho, mas ele deu de ombros à ocasião – a aliança com Alaíde era a garantia do apoio da família Damo àquela campanha. “Vamos indicar um nome que atenda aos partidos da base, mas que seja da minha confiança. Mauá precisa de estabilidade e de paz. Precisa de gente que pensa no povo, não nos interesses pessoais. Eu deveria ter ouvido a minha mãe. Quando a gente não ouve a mãe, a gente sofre.”


BASTIDORES

Vídeo
Está em vários perfis nas redes sociais e grupos de WhatsApp vídeo no qual o ex-prefeito Luiz Marinho, pré-candidato do PT à Prefeitura de São Bernardo, bate-boca com um munícipe. A conversa começa com o morador perguntando se Marinho terá coragem de ser candidato de novo “depois que acabou com São Bernardo”. Depois, disse que “todos vocês estão na Lava Jato”. Marinho retruca perguntando se seu nome está na Lava Jato. “Vocês todos estão”. “Você está falando muita besteira”, rebateu o petista. A discussão fica mais quente, com um acusando o outro de ter ofendido. O petista se aproxima do morador, em meio a movimentações de seus assessores para que o debate terminasse.

Resposta
A Rede Sustentabilidade entrou em contato com a coluna para rebater o anúncio feito pelo ex-prefeito Luiz Marinho (PT), pré-candidato à Prefeitura de São Bernardo, de aliança com o petismo. Em nota, a executiva estadual da Rede informou que “não há consenso na liderança executiva municipal e entre os filiados”. “ Pesa que Luiz Marinho em sua última gestão tenha apoiado a indústria da incineração, totalmente contrária aos princípios e valores da Rede. Parte destes filiados opta por uma aliança com o PSB e apoio à candidatura de doutor Leandro Altrão, com quem o partido mantém conversas desde o início do ano”, sustentou. A definição sairá no dia 12, convenção do partido.

Sem vice
O vereador Marcos Michels (PSB), pré-candidato à Prefeitura de Diadema, buscou diálogo para composição com Denise Ventrici (PRTB), também pré-prefeiturável diademense neste ano. Houve proposta para que Denise fosse vice de Marcos. Mas a conversa não avançou. Denise lembrou que, em 2014, ainda no governo de Lauro Michels (PV), brigou pela candidatura de Marcos a deputado federal e o viu recuar. Em 2016, quando Lauro a exonerou, o socialista nada fez para reverter. Assim, ela manteve o projeto eleitoral, que será confirmado em convenção amanhã.


Campanha
Presidente do Psol em São Caetano, Neusa Raineri anunciou ontem que tentará conquistar uma das cadeiras na Câmara neste ano. É uma das apostas do partido para obter uma das 19 cadeiras no Legislativo. Ela é casada com Horácio Neto, ex-vereador e pré-candidato da sigla à Prefeitura de São Caetano nesta eleição.

Luto
Morreu ontem o jornalista Elidio Moreira, que atuava como diretor de resíduos sólidos no Semasa (Serviço Municipal de Saneamento Ambiental de Santo André) e participou de diversas campanhas eleitorais no Grande ABC. Ele tinha 52 anos e estava internado havia 69 dias após complicações de cirurgia bariátrica feita há uma década. O velório e o sepultamento aconteceram ontem, no Cemitério Santo André, na Vila Humaitá. Ele deixa a mulher, Sylvia, e o filho, Pedro.

Chapa pura
O Psol de Santo André se reúne novamente neste fim de semana com objetivo de tirar quem será vice na chapa liderada por Bruno Daniel (Psol) no pleito majoritário deste ano. Nesta semana, Tatiana Landi (Psol), que havia apresentado seu nome na disputa, se retirou e declarou apoio a Rosi Santos (Psol). Ubimara Ding (Psol) também se colocou à disposição para vice. A tendência é a de que hoje o cenário seja discutido e, amanhã, votado e confirmado. 



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;