Fechar
Publicidade

Segunda-Feira, 26 de Outubro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Setecidades

setecidades@dgabc.com.br | 4435-8319

Asilos de Ribeirão Pires ganham “Cortina do Abraço”

Divulgação Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra

Instituições LABEM e Viva Bem a Idade que Tem foram contempladas com doação da empresa Sodiê Doces


da Redação

24/07/2020 | 10:20


Moradores e empreendedores de Ribeirão Pires têm somado forças no combate à pandemia da Covid-19. As ILPIs (Instituições de Longa Permanência de Idosos) que atuam na cidade com termo de colaboração junto à Prefeitura (Viva Bem a Idade que Tem e LABEM) foram contempladas com cortinas de abraço e bolos doados pela Sodiê Doces, ontem. Atualmente, as duas ILPIs atendem cerca de 70 idosos.

As cortinas do abraço são peças feitas com material plástico transparente para possibilitar o contato seguro entre os idosos e seus familiares. Após quatro meses de distanciamento social, a cortina possibilitará reencontros entre idosos e seus familiares.
“Eu não tinha mais visto minha mãe de pertinho. Vinha trazer os itens que ela precisa, mas não me aproximava. Hoje foi muito bom esse reencontro e poder dar um abraço nela. Estávamos com saudade”, contou emocionada Dulcinete da Silva Pinto, durante visita à mãe dona Alzira, de 100 anos, moradora da instituição Viva Bem a Idade que Tem.

A coordenadora da entidade e assistente social, Elza Gordo Martins, também aprovou a ação. “Estou muito emocionada e muito feliz, porque também não estou abraçando eles (idosos). Eu venho trabalhar e fico no escritório, não tenho mais contato direto. O abraço é um estímulo e traz esperança, nesse momento. O abraço é vida!”, contou.

A iniciativa marca, ainda, o Dia dos Avós, comemorado oficialmente em 26 de julho, e integra as ações de apoio à população em situação de vulnerabilidade feitas pela fundadora da Sodiê Doces, Cleusa Maria da Silva, em cidades onde a franquia está estabelecida. Em todo País, a marca possui 315 lojas abertas.
“Ser idoso no Brasil já é muito triste e ainda não poder receber um abraço de quem amamos há meses, é desolador. Essa ação foi pensada para dar um pouco de amor e carinho para os nossos idosos que estão tão fragilizados nesta fase de isolamento social”, explica Cleusa.

Ribeirão Pires foi uma das primeiras cidades escolhidas para receber as ações sociais. Além das entidades de assistência aos idosos, a Sodiê Doces também enviará 1 tonelada de alimentos, em cestas básicas, para a Apraespi (Associação de Prevenção, Atendimento Especializado e Inclusão da Pessoa com Deficiência de Ribeirão Pires).

“Elegemos quatro cidades a cada mês e as entidades mais carentes desses lugares recebem a doação. Vamos cobrir o Brasil todo com doações e essa ação será contínua, pois vamos renovar as doações a cada ano”, explica a fundadora.

“A meta para os próximos anos era a de transformar parte do fundo de propaganda da marca em doações contínuas, mas com essa crise decidi que a hora era agora e toda a verba deste ano de marketing destinada para campanhas de tevê será revertida em cestas básicas e ações que abracem o próximo”, conclui Cleusa.

A secretária de Assistência Social e Cidadania de Ribeirão Pires, Elza Iwasaki, agradeceu à empresa pela iniciativa. “Recebemos com muita alegria e com o coração aberto as ações de empresas engajadas em ajudar o próximo, como está sendo com a Sodiê. Atitudes que as vezes podem parecer simples, como a instalação das ‘Cortinas do Abraço’ fazem toda a diferença na vida de quem mais precisa de carinho, especialmente em tempos desafiadores como este da pandemia”, afirmou. 



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Asilos de Ribeirão Pires ganham “Cortina do Abraço”

Instituições LABEM e Viva Bem a Idade que Tem foram contempladas com doação da empresa Sodiê Doces

da Redação

24/07/2020 | 10:20


Moradores e empreendedores de Ribeirão Pires têm somado forças no combate à pandemia da Covid-19. As ILPIs (Instituições de Longa Permanência de Idosos) que atuam na cidade com termo de colaboração junto à Prefeitura (Viva Bem a Idade que Tem e LABEM) foram contempladas com cortinas de abraço e bolos doados pela Sodiê Doces, ontem. Atualmente, as duas ILPIs atendem cerca de 70 idosos.

As cortinas do abraço são peças feitas com material plástico transparente para possibilitar o contato seguro entre os idosos e seus familiares. Após quatro meses de distanciamento social, a cortina possibilitará reencontros entre idosos e seus familiares.
“Eu não tinha mais visto minha mãe de pertinho. Vinha trazer os itens que ela precisa, mas não me aproximava. Hoje foi muito bom esse reencontro e poder dar um abraço nela. Estávamos com saudade”, contou emocionada Dulcinete da Silva Pinto, durante visita à mãe dona Alzira, de 100 anos, moradora da instituição Viva Bem a Idade que Tem.

A coordenadora da entidade e assistente social, Elza Gordo Martins, também aprovou a ação. “Estou muito emocionada e muito feliz, porque também não estou abraçando eles (idosos). Eu venho trabalhar e fico no escritório, não tenho mais contato direto. O abraço é um estímulo e traz esperança, nesse momento. O abraço é vida!”, contou.

A iniciativa marca, ainda, o Dia dos Avós, comemorado oficialmente em 26 de julho, e integra as ações de apoio à população em situação de vulnerabilidade feitas pela fundadora da Sodiê Doces, Cleusa Maria da Silva, em cidades onde a franquia está estabelecida. Em todo País, a marca possui 315 lojas abertas.
“Ser idoso no Brasil já é muito triste e ainda não poder receber um abraço de quem amamos há meses, é desolador. Essa ação foi pensada para dar um pouco de amor e carinho para os nossos idosos que estão tão fragilizados nesta fase de isolamento social”, explica Cleusa.

Ribeirão Pires foi uma das primeiras cidades escolhidas para receber as ações sociais. Além das entidades de assistência aos idosos, a Sodiê Doces também enviará 1 tonelada de alimentos, em cestas básicas, para a Apraespi (Associação de Prevenção, Atendimento Especializado e Inclusão da Pessoa com Deficiência de Ribeirão Pires).

“Elegemos quatro cidades a cada mês e as entidades mais carentes desses lugares recebem a doação. Vamos cobrir o Brasil todo com doações e essa ação será contínua, pois vamos renovar as doações a cada ano”, explica a fundadora.

“A meta para os próximos anos era a de transformar parte do fundo de propaganda da marca em doações contínuas, mas com essa crise decidi que a hora era agora e toda a verba deste ano de marketing destinada para campanhas de tevê será revertida em cestas básicas e ações que abracem o próximo”, conclui Cleusa.

A secretária de Assistência Social e Cidadania de Ribeirão Pires, Elza Iwasaki, agradeceu à empresa pela iniciativa. “Recebemos com muita alegria e com o coração aberto as ações de empresas engajadas em ajudar o próximo, como está sendo com a Sodiê. Atitudes que as vezes podem parecer simples, como a instalação das ‘Cortinas do Abraço’ fazem toda a diferença na vida de quem mais precisa de carinho, especialmente em tempos desafiadores como este da pandemia”, afirmou. 

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;