Fechar
Publicidade

Sábado, 23 de Janeiro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Setecidades

setecidades@dgabc.com.br | 4435-8319

Região ultrapassa marca de 12 mil casos

Pixabay Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra

Número foi alcançado mesmo sem os dados oficiais de duas cidades; já são 835 mortes


Anderson Fattori
Do Diário do Grande ABC

15/06/2020 | 07:00


Mesmo sem os dados de Diadema e Mauá – a segunda não emite boletim desde quarta-feira –, o Grande ABC superou ontem 12 mil pessoas infectadas em exatos três meses, desde que um casal de São Bernardo e uma moradora de São Caetano iniciaram a contagem na região no dia 15 de março. Santo André segue como a cidade mais atingida, com 4.408 casos, seguida de São Bernardo, com 3.336. Diadema (1.846), São Caetano (1.515), Mauá (536), Ribeirão Pires (259) e Rio Grande da Serra (104) fecham a conta, totalizando 12.004 pacientes contaminados.

Em relação aos mortos, foram 11 a mais nas últimas 24 horas, sendo seis em São Bernardo, que chegou a 260, quatro em Santo André, que agora lamenta 206 perdas, e uma em São Caetano, que alcançou 69. As outras baixas na região estão em Diadema (164), Mauá (102), Ribeirão Pires (24) e Rio Grande da Serra (dez). No total, já são 835 óbitos pela doença.

No Estado, são 10.694 mortes, sendo 113 nas últimas 24 horas. Os infectados já são 178.202 em 579 das 645 cidades paulistas. Segundo a Secretaria Estadual da Saúde, as taxas de ocupação dos leitos de UTI (Unidade de Terapia Intensiva) são de 76,2% na Grande São Paulo e 69,2% no Estado. O número de pacientes internados é de 13.982, sendo 8.272 em enfermaria e 5.710 em unidades de terapia intensiva.

Os óbitos no Estado continuam concentrados em pacientes com 60 anos ou mais, totalizando 73,6% das mortes. Entre as pessoas que já tiveram confirmação para o novo coronavírus estão 84.138 homens e 93.832 mulheres. Outras 232 pessoas não tiveram o sexo informado.

O Ministério da Saúde divulgou ontem que o Brasil já acumula 867.624 casos confirmados do novo coronavírus e 43.332 mortes registradas por causa da doença. Os pacientes que já podem se considerar recuperados somam 388.492. Nas últimas 24 horas, a pasta registrou 17.110 novos infectados e 612 óbitos.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Região ultrapassa marca de 12 mil casos

Número foi alcançado mesmo sem os dados oficiais de duas cidades; já são 835 mortes

Anderson Fattori
Do Diário do Grande ABC

15/06/2020 | 07:00


Mesmo sem os dados de Diadema e Mauá – a segunda não emite boletim desde quarta-feira –, o Grande ABC superou ontem 12 mil pessoas infectadas em exatos três meses, desde que um casal de São Bernardo e uma moradora de São Caetano iniciaram a contagem na região no dia 15 de março. Santo André segue como a cidade mais atingida, com 4.408 casos, seguida de São Bernardo, com 3.336. Diadema (1.846), São Caetano (1.515), Mauá (536), Ribeirão Pires (259) e Rio Grande da Serra (104) fecham a conta, totalizando 12.004 pacientes contaminados.

Em relação aos mortos, foram 11 a mais nas últimas 24 horas, sendo seis em São Bernardo, que chegou a 260, quatro em Santo André, que agora lamenta 206 perdas, e uma em São Caetano, que alcançou 69. As outras baixas na região estão em Diadema (164), Mauá (102), Ribeirão Pires (24) e Rio Grande da Serra (dez). No total, já são 835 óbitos pela doença.

No Estado, são 10.694 mortes, sendo 113 nas últimas 24 horas. Os infectados já são 178.202 em 579 das 645 cidades paulistas. Segundo a Secretaria Estadual da Saúde, as taxas de ocupação dos leitos de UTI (Unidade de Terapia Intensiva) são de 76,2% na Grande São Paulo e 69,2% no Estado. O número de pacientes internados é de 13.982, sendo 8.272 em enfermaria e 5.710 em unidades de terapia intensiva.

Os óbitos no Estado continuam concentrados em pacientes com 60 anos ou mais, totalizando 73,6% das mortes. Entre as pessoas que já tiveram confirmação para o novo coronavírus estão 84.138 homens e 93.832 mulheres. Outras 232 pessoas não tiveram o sexo informado.

O Ministério da Saúde divulgou ontem que o Brasil já acumula 867.624 casos confirmados do novo coronavírus e 43.332 mortes registradas por causa da doença. Os pacientes que já podem se considerar recuperados somam 388.492. Nas últimas 24 horas, a pasta registrou 17.110 novos infectados e 612 óbitos.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;