Fechar
Publicidade

Terça-Feira, 19 de Outubro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Esportes

esportes@dgabc.com.br | 4435-8384

Lateral do Azulão já não teme mais o alçapão da Vila


Analy Cristofani
Do Diário do Grande ABC

04/10/2001 | 00:24


  A velha estrada de Santos já não assusta o São Caetano, que desce a serra para enfrentar a equipe da Baixada na Vila Belmiro, no sábado. Marcos Paulo, lateral-esquerdo do São Caetano, conhece bem o “folclore” e as histórias de quem fez o caminho. Mas já esteve do outro lado e sabe bem como funciona a pressão da Vila. “Morei por dois anos e meio debaixo da arquibancada”, brinca o jogador, que residiu na Vila Belmiro quando era juvenil e defendeu o clube por seis anos, até o profissional.

“A gente não tem de ter medo de nada. O Santos quer reviver a época em que todos seus adversários desciam a serra para encontrar o alçapão lá embaixo. Mas isso não existe há tempos. Muitos jogadores contam que já desciam a serra com medo do que iam encontrar lá. O segredo, na verdade, era o gramado, que era muito ruim e dificultava para quem ia jogar na Vila. Antes não dava para o time chegar e impor seu jogo. Hoje é diferente porque o campo é muito bom”, disse Marcos Paulo.

O lateral, que já trabalhou com Cabralzinho no próprio Santos, em 1995, sabe que o treinador vai trabalhar a cabeça dos jogadores do Peixe para a partida diante do Azulão, no sábado, em cima de toda a tradição do time de Pelé.

“Ele vai colocar isso na cabeça dos seus jogadores para tentar imprimir um ritmo forte nos primeiros 20 minutos de partida, sem deixar o adversário respirar, encolhido lá na defesa. Mas tenho certeza de que a filosofia do Jair Picerni vai prevalecer porque jogamos sempre pensando em vencer, vamos para o ataque”.

Nesta quarta, o elenco treinou em dois períodos e à tarde participou de um coletivo. O grupo volta nesta quinta aos treinamentos, já para o técnico Jair Picerni definir a equipe que enfrenta o Peixe.

O atacante Magrão, artilheiro do time com seis gols, foi poupado, mas está confirmado para o confronto de sábado. Sandro Gaúcho entrou em seu lugar. No meio-campo, Márcio Griggio deve ficar com a vaga de Adãozinho, suspenso com o terceiro cartão amarelo. O jogador treinou os dois tempos como titular.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;