Fechar
Publicidade

Quarta-Feira, 21 de Outubro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Esportes

esportes@dgabc.com.br | 4435-8384

Bottas fica na frente de Hamilton mais uma vez e é o mais rápido do dia na Rússia



25/09/2020 | 10:53


Com um bom e constante desempenho nas atividades de pista nesta sexta-feira no circuito de Sochi, o finlandês Valtteri Bottas terminou o dia com o melhor tempo dos dois primeiros treinos livres para o GP da Rússia, a 10.ª etapa da temporada de 2020 da Fórmula 1. Depois de ficar na frente na primeira sessão, o piloto da Mercedes, vencedor da prova em 2017, voltou a liderar o pelotão na segunda, desta vez com a marca de 1min33s519 usando pneus macios.

Após ter se dedicado ao uso dos pneus duros, principalmente na atividade pela manhã, o inglês Lewis Hamilton teve uma segunda sessão de treinos livres bem melhor em termos de tempos de volta. Só que o piloto da Mercedes e atual líder do Mundial perdeu o ponto de frenagem na curva 12 e desperdiçou a oportunidade de melhorar a sua marca para superar o companheiro de equipe. O hexacampeão mundial teve de se contentar com a segunda colocação, 0s267 mais lento que o finlandês (1min33s786).

Destaque também para Daniel Ricciardo. Em ótimo início de final de semana, o australiano, que foi o segundo mais rápido no primeiro treino livre com a Renault, se colocou novamente no Top 3 e ficou só atrás dos carros da Mercedes, mas ficando mais de um segundo (1s058) atrás do tempo conseguido por Bottas (1min34s577).

A quarta posição ficou com o espanhol Carlos Sainz Jr., da McLaren. O futuro piloto da Ferrari terminou a sessão à frente do companheiro britânico Lando Norris. O sexto posto acabou com o mexicano Sergio Pérez, que deixará a Racing Point ao final desta temporada - o alemão Sebastian Vettel estará em seu lugar - e é especulado na Haas.

O holandês Max Verstappen, da Red Bull, decepcionou e foi apenas o sétimo colocado, à frente do monegasco Charles Leclerc, da Ferrari. O nono lugar ficou com o francês Esteban Ocon, da Renault. O Top 10 foi completado por Vettel.

Os pilotos voltarão a acelerar em Sochi neste sábado com o terceiro treino livre às 6 horas (de Brasília). A sessão de classificação começará às 9 horas. A largada para o GP da Rússia será às 8h10 do domingo.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Bottas fica na frente de Hamilton mais uma vez e é o mais rápido do dia na Rússia


25/09/2020 | 10:53


Com um bom e constante desempenho nas atividades de pista nesta sexta-feira no circuito de Sochi, o finlandês Valtteri Bottas terminou o dia com o melhor tempo dos dois primeiros treinos livres para o GP da Rússia, a 10.ª etapa da temporada de 2020 da Fórmula 1. Depois de ficar na frente na primeira sessão, o piloto da Mercedes, vencedor da prova em 2017, voltou a liderar o pelotão na segunda, desta vez com a marca de 1min33s519 usando pneus macios.

Após ter se dedicado ao uso dos pneus duros, principalmente na atividade pela manhã, o inglês Lewis Hamilton teve uma segunda sessão de treinos livres bem melhor em termos de tempos de volta. Só que o piloto da Mercedes e atual líder do Mundial perdeu o ponto de frenagem na curva 12 e desperdiçou a oportunidade de melhorar a sua marca para superar o companheiro de equipe. O hexacampeão mundial teve de se contentar com a segunda colocação, 0s267 mais lento que o finlandês (1min33s786).

Destaque também para Daniel Ricciardo. Em ótimo início de final de semana, o australiano, que foi o segundo mais rápido no primeiro treino livre com a Renault, se colocou novamente no Top 3 e ficou só atrás dos carros da Mercedes, mas ficando mais de um segundo (1s058) atrás do tempo conseguido por Bottas (1min34s577).

A quarta posição ficou com o espanhol Carlos Sainz Jr., da McLaren. O futuro piloto da Ferrari terminou a sessão à frente do companheiro britânico Lando Norris. O sexto posto acabou com o mexicano Sergio Pérez, que deixará a Racing Point ao final desta temporada - o alemão Sebastian Vettel estará em seu lugar - e é especulado na Haas.

O holandês Max Verstappen, da Red Bull, decepcionou e foi apenas o sétimo colocado, à frente do monegasco Charles Leclerc, da Ferrari. O nono lugar ficou com o francês Esteban Ocon, da Renault. O Top 10 foi completado por Vettel.

Os pilotos voltarão a acelerar em Sochi neste sábado com o terceiro treino livre às 6 horas (de Brasília). A sessão de classificação começará às 9 horas. A largada para o GP da Rússia será às 8h10 do domingo.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;