Fechar
Publicidade

Quinta-Feira, 22 de Abril

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Setecidades

setecidades@dgabc.com.br | 4435-8319

Modelo de São Caetano denuncia ex-namorado por agressões física e emocional

Reprodução Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra

Elen Pinheiro divulgou nas redes sociais relatos e imagens com hematomas espalhados pelo corpo


Vinícius Castelli
Do Diário do Grande ABC

12/01/2021 | 00:01


Conhecida na TV por ter sido assistente de palco do programa Festa do Mallandro, com o apresentador Sérgio Mallandro, Elen Pinheiro, 40 anos, de São Caetano, acusa o ex-namorado Renato Leite de violência. Segundo ela, ao longo da relação, que teve duração de cerca de dois anos e meio, foi vítima de diversas agressões, físicas e psicológicas.

Há quatro dias, no entanto, criou coragem e expôs seu caso em sua conta no Instagram. “Até agora não tive coragem de fazer esse vídeo. Toda vez que resolvi começar tive acessos de pânico”, relatou Elen. Ela disse que devia essa explicação aos amigos, aos seus seguidores e, sobretudo, a todas as mulheres.

“Fui vítima de abuso, de todos os tipos de abuso. Quando criança fui vítima de abuso sexual, pedofilia, de agressão física, de abuso verbal. De um relacionamento abusivo, que até então eu não achava que era abusivo, até conversar com psicólogos, até chegar ao ponto de ser espancada, de viver cheia de hematomas. Não acreditava que era abuso, que era uma briga. Fui vítima de abuso psicológico. Fui chamada de todos os nomes possíveis”, relatou, emocionada.em depoimento.

Em um dos relatos, Elen diz que as pessoas acabam achando que passar por situações pelas quais passou é algo que está dentro da normalidade. “A gente acha que é normal, romantizando e trazendo para nossa vida como se fosse algo normal. Vai acontecendo uma, duas, três agressões verbais, físicas. A gente acha que não vai achar mais ninguém, que está errado e que provocou aquilo.”

Além disso, Elen alega ter sofrido ameaças de morte do ex-companheiro. Uma das vezes, em uma casa de praia, pediu por socorro e pessoas de fora entraram no local após arrombarem a porta. Relatou que já fugiu pela escada de seu prédio em algumas ocasiões e que até dormiu em estacionamento de supermercado 24 horas para fugir da situação.

O estopim, segundo Elen, foi no fim do ano passado, após discussão, em que o ex-namorado estourou uma porta de sua residência. Ela desceu as escadas e procurou seus pais, que vivem no mesmo prédio, contando a situação. Só aí que Leite resolveu deixar o local em definitivo.

Em sua conta do Instagram Elen salvou espaço batizado como ‘Agressões’ com diversas imagens dela com machucados no pescoço, olhos, peito, pernas, joelho, mãos e ombro. É possível ver, também, prints de conversas virtuais entre os dois. Ela relatou também que o ex-companheiro enviou para conhecidos fotos intimas dela, tiradas por ele sem que soubesse. Junto das imagens, enviou tabelas de supostos serviços sexuais que ela prestaria. Elen afirma que registrou BO e conseguiu medida protetiva. O caso é acompanhado pelo advogado João Paulo Campos. 



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Modelo de São Caetano denuncia ex-namorado por agressões física e emocional

Elen Pinheiro divulgou nas redes sociais relatos e imagens com hematomas espalhados pelo corpo

Vinícius Castelli
Do Diário do Grande ABC

12/01/2021 | 00:01


Conhecida na TV por ter sido assistente de palco do programa Festa do Mallandro, com o apresentador Sérgio Mallandro, Elen Pinheiro, 40 anos, de São Caetano, acusa o ex-namorado Renato Leite de violência. Segundo ela, ao longo da relação, que teve duração de cerca de dois anos e meio, foi vítima de diversas agressões, físicas e psicológicas.

Há quatro dias, no entanto, criou coragem e expôs seu caso em sua conta no Instagram. “Até agora não tive coragem de fazer esse vídeo. Toda vez que resolvi começar tive acessos de pânico”, relatou Elen. Ela disse que devia essa explicação aos amigos, aos seus seguidores e, sobretudo, a todas as mulheres.

“Fui vítima de abuso, de todos os tipos de abuso. Quando criança fui vítima de abuso sexual, pedofilia, de agressão física, de abuso verbal. De um relacionamento abusivo, que até então eu não achava que era abusivo, até conversar com psicólogos, até chegar ao ponto de ser espancada, de viver cheia de hematomas. Não acreditava que era abuso, que era uma briga. Fui vítima de abuso psicológico. Fui chamada de todos os nomes possíveis”, relatou, emocionada.em depoimento.

Em um dos relatos, Elen diz que as pessoas acabam achando que passar por situações pelas quais passou é algo que está dentro da normalidade. “A gente acha que é normal, romantizando e trazendo para nossa vida como se fosse algo normal. Vai acontecendo uma, duas, três agressões verbais, físicas. A gente acha que não vai achar mais ninguém, que está errado e que provocou aquilo.”

Além disso, Elen alega ter sofrido ameaças de morte do ex-companheiro. Uma das vezes, em uma casa de praia, pediu por socorro e pessoas de fora entraram no local após arrombarem a porta. Relatou que já fugiu pela escada de seu prédio em algumas ocasiões e que até dormiu em estacionamento de supermercado 24 horas para fugir da situação.

O estopim, segundo Elen, foi no fim do ano passado, após discussão, em que o ex-namorado estourou uma porta de sua residência. Ela desceu as escadas e procurou seus pais, que vivem no mesmo prédio, contando a situação. Só aí que Leite resolveu deixar o local em definitivo.

Em sua conta do Instagram Elen salvou espaço batizado como ‘Agressões’ com diversas imagens dela com machucados no pescoço, olhos, peito, pernas, joelho, mãos e ombro. É possível ver, também, prints de conversas virtuais entre os dois. Ela relatou também que o ex-companheiro enviou para conhecidos fotos intimas dela, tiradas por ele sem que soubesse. Junto das imagens, enviou tabelas de supostos serviços sexuais que ela prestaria. Elen afirma que registrou BO e conseguiu medida protetiva. O caso é acompanhado pelo advogado João Paulo Campos. 

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;