Fechar
Publicidade

Quinta-Feira, 2 de Abril

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

diarinho@dgabc.com.br | 4435-8396

Peixe faz xixi na água?


Diário do Grande ABC

20/06/2010 | 07:04


Marcela Giovanna de Oliveira, 10 anos, de São Bernardo, tem um aquário com dois peixinhos dourados. Ela curte ficar observando-os na água e ver como cada um se comporta. "Outro dia, resolvi ficar parada na frente do aquário por um tempão. Teve uma hora que vi boiando uma substância que parecia cocô, mas não sei direito o que era aquilo", conta.

Não é só xixi que os peixes fazem na água, eles também fazem cocô! Assim, como nos humanos, os rins desses bichinhos filtram o sangue e retiram dele as impurezas, produzindo a urina, como resultado do processo.

Os que vivem no mar fazem menos xixi, que é mais concentrado (forte). É só você observar que quando fica muito tempo sem ir ao banheiro, sua urina fica bem mais amarelada e fedida. Ao contrário, quando bebe bastante líquido, fica mais diluída, como ocorre com os peixes de rio.

Essa diferença é porque os que estão no rio precisam se livrar do excesso de água que entra em seu organismo pela boca e sai pelas brânquias (também conhecidas por guelras, são os órgãos escondidos na lateral do corpo formados por camadas de membranas, pelos quais respira). Já os do mar precisam reter mais água do que eliminam.

Tubarões e raias, por exemplo, conservam no sangue grande quantidade de substâncias que também estão presentes na urina. É por isso que a carne deles costumam ter cheiro mais forte, que lembra xixi.

Entre esses animais, as fezes e a urina saem por um mesmo orifício, chamado cloaca (como ocorre com as aves). O cocô dos peixinhos de aquário, por exemplo, é marrom; mas a cor depende do alimento que cada espécie consome.

Gente não pode fazer o mesmo
Os peixes estão liberados para fazer xixi e cocô na água porque esse é o seu habitat; não saem de lá. Os humanos não podem fazer o mesmo na piscina nem na praia. Não é educado, já que a mesma água é compartilhada por outras pessoas. Além disso, podem transmitir doenças, como hepatite, se alguém engolir a água contaminada com a urina de quem está doente.

É natural sentir vontade de fazer xixi na piscina ou no mar. É que a água fria estimula a bexiga, onde o xixi fica depositado, e essa pressão acelera a vontade. Por isso, antes de nadar, dê uma passadinha no banheiro. Se a vontade aparecer de novo, é melhor procurar um vaso sanitário. Não é bom segurar o xixi por muito tempo; isso pode provocar infecção urinária.

ELE DORME?
Peixe não dorme como outros bichos. Apenas descansa, permanecendo quase imóvel. Quando isso acontece, as nadadeiras fazem pequenos movimentos
para manter seu equilíbrio na água. Durante esse período, abre e fecha a boca para que o oxigênio passe por suas brânquias e ele consiga respirar. Por não ter pálpebras,
fica sempre de olhos abertos. Tem uma membrana, chamada nictitante, que
protege seus olhos na água, como se fosse uma pálpebra transparente.

COMO RESPIRA?
A maioria dos peixes não tem pulmões. Respira pelas brânquias. Esse órgão retira o oxigênio da água, que é absorvido pelo sangue e levado às células do corpo. Ao mesmo tempo, elimina o gás carbônico, como fazemos ao respirar. As brânquias só funcionam na água. Quando o peixe é retirado de seu habitat, elas se grudam e não permitem que o oxigênio passe por lá. Há espécies, como o pirarucu, com pulmões semelhantes ao nosso. Para respirar, têm de subir à superfície para pegar ar.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Peixe faz xixi na água?

Diário do Grande ABC

20/06/2010 | 07:04


Marcela Giovanna de Oliveira, 10 anos, de São Bernardo, tem um aquário com dois peixinhos dourados. Ela curte ficar observando-os na água e ver como cada um se comporta. "Outro dia, resolvi ficar parada na frente do aquário por um tempão. Teve uma hora que vi boiando uma substância que parecia cocô, mas não sei direito o que era aquilo", conta.

Não é só xixi que os peixes fazem na água, eles também fazem cocô! Assim, como nos humanos, os rins desses bichinhos filtram o sangue e retiram dele as impurezas, produzindo a urina, como resultado do processo.

Os que vivem no mar fazem menos xixi, que é mais concentrado (forte). É só você observar que quando fica muito tempo sem ir ao banheiro, sua urina fica bem mais amarelada e fedida. Ao contrário, quando bebe bastante líquido, fica mais diluída, como ocorre com os peixes de rio.

Essa diferença é porque os que estão no rio precisam se livrar do excesso de água que entra em seu organismo pela boca e sai pelas brânquias (também conhecidas por guelras, são os órgãos escondidos na lateral do corpo formados por camadas de membranas, pelos quais respira). Já os do mar precisam reter mais água do que eliminam.

Tubarões e raias, por exemplo, conservam no sangue grande quantidade de substâncias que também estão presentes na urina. É por isso que a carne deles costumam ter cheiro mais forte, que lembra xixi.

Entre esses animais, as fezes e a urina saem por um mesmo orifício, chamado cloaca (como ocorre com as aves). O cocô dos peixinhos de aquário, por exemplo, é marrom; mas a cor depende do alimento que cada espécie consome.

Gente não pode fazer o mesmo
Os peixes estão liberados para fazer xixi e cocô na água porque esse é o seu habitat; não saem de lá. Os humanos não podem fazer o mesmo na piscina nem na praia. Não é educado, já que a mesma água é compartilhada por outras pessoas. Além disso, podem transmitir doenças, como hepatite, se alguém engolir a água contaminada com a urina de quem está doente.

É natural sentir vontade de fazer xixi na piscina ou no mar. É que a água fria estimula a bexiga, onde o xixi fica depositado, e essa pressão acelera a vontade. Por isso, antes de nadar, dê uma passadinha no banheiro. Se a vontade aparecer de novo, é melhor procurar um vaso sanitário. Não é bom segurar o xixi por muito tempo; isso pode provocar infecção urinária.

ELE DORME?
Peixe não dorme como outros bichos. Apenas descansa, permanecendo quase imóvel. Quando isso acontece, as nadadeiras fazem pequenos movimentos
para manter seu equilíbrio na água. Durante esse período, abre e fecha a boca para que o oxigênio passe por suas brânquias e ele consiga respirar. Por não ter pálpebras,
fica sempre de olhos abertos. Tem uma membrana, chamada nictitante, que
protege seus olhos na água, como se fosse uma pálpebra transparente.

COMO RESPIRA?
A maioria dos peixes não tem pulmões. Respira pelas brânquias. Esse órgão retira o oxigênio da água, que é absorvido pelo sangue e levado às células do corpo. Ao mesmo tempo, elimina o gás carbônico, como fazemos ao respirar. As brânquias só funcionam na água. Quando o peixe é retirado de seu habitat, elas se grudam e não permitem que o oxigênio passe por lá. Há espécies, como o pirarucu, com pulmões semelhantes ao nosso. Para respirar, têm de subir à superfície para pegar ar.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;