Fechar
Publicidade

Segunda-Feira, 17 de Janeiro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

esportes@dgabc.com.br | 4435-8384

Tigre estraga festa, vira sobre Tricolor e ganha gás contra degola

Nário Barbosa/LUGANO. <MC><CW-22>Uruguaio foi bem, mas não impediu vitória do São Bernardo Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra

Time de Sérgio Soares sai atrás, mas busca vitória importante para fugir do rebaixamento


Vinícius Ramalho

06/03/2016 | 07:00


No duelo de ontem, ante o São Bernardo, Ganso chegou aos 200 jogos com a camisa do São Paulo. Ele até tentou ser o dono da festa com um golaço, o primeiro da partida. Mas quem comemorou foi o Tigre, que, com gols no segundo tempo de Tatá, Jean Carlos e Bruno, contra, virou o placar, vencendo o confronto por 3 a 1. Com o triunfo, o time comandado por Sérgio Soares foi aos nove pontos, deixou a lanterna do Grupo B e ganhou novo gás para seguir na elite estadual. Já a equipe de Edgardo Bauza parou nos 13 pontos, continua na vice-liderança da Chave C e chega mais pressionado para o jogo decisivo na Libertadores, diante do River Plate, quinta-feira, na Argentina.
Logo aos três minutos, o Tigre tomou um susto. Carlinhos recebeu dentro da área e foi derrubado por Eduardo. Pênalti que Calleri perdeu ao tirar de Luiz Daniel e também do gol.
Aos poucos, o São Bernardo foi se encontrando, mas parava em Lugano. Primeiro aos 11, quando Henan se preparava para finalizar. Depois, com 24, quando Alyson invadiu a área e foi travado pelo camisa 5 tricolor.
Bem na zaga, Lugano quis presentear Ganso pela marca com a camisa são-paulina e começou a jogada do gol. Aos 29, ele lançou Calleri, que escorou para o camisa 10. Ganso dominou na coxa e mandou um petardo de primeira, sem chances para o goleiro Luiz Daniel.
Já na etapa final a festa foi do time do Grande ABC. Aos 23, Tatá, que acabara de entrar, bateu quase sem ângulo, a bola desviou em Rodrigo Caio e enganou Denis – 1 a 1.
Com o empate, o Tigre aproveitou o nervosismo tricolor, virou aos 31 com Jean Carlos e aumentou aos 46 com gol contra de Bruno, após cruzamento de Tatá, para desespero dos são-paulinos no Pacaembu. 

 

Bauza dá ultimato e Lugano alerta para partida decisiva

A derrota para o São Bernardo fez com que até mesmo o técnico argentino Edgardo Bauza, antes preservado, entrasse na mira dos torcedores tricolores que foram ao Pacaembu. O treinador endossou as vaias das arquibancadas.

“Quem coloca essa camisa tem que jogar o que tem que jogar. Quem não estiver motivado sairá. A torcida, com toda a razão, terminou vaiando. Jogamos uma partida ruim”, afirmou Bauza.

Outro que mostrou preocupação com o momento do time e projetou o jogo diante do River Plate, foi o defensor uruguaio Lugano. 

 

“Quinta é um jogo que vai definir o semestre. Essa é a realidade. Tem que ter consciência disso. Cada um vai dar o máximo de si. E vamos saber se estamos à altura”, analisou.

 

Tatá comemora gol e mostra caminho para seguir na elite

Assim como na estreia do Paulistão, quando ficou no empate diante do Santos na Vila Belmiro, o Tigre mostrou que pode se manter na elite do futebol paulista se repetir o desempenho contra os grandes. 

Ontem, na saída do campo após a boa vitória sobre o São Paulo, um dos mais felizes era Tatá, que chegou recentemente do futebol mexicano para solucionar a falta de gols do ataque são-bernardense, fez o primeiro e participou do terceiro gol do Tigre.

 

“A sensação é fora do normal. Estamos trabalhando forte. Eu, que fui o último a chegar, não estou 100% fisicamente, mas é importante trabalhar, correr atrás. A gente sabe que está faltando muita coisa, mas o caminho é esse, ganhar dentro e fora de casa”, analisou.



Quer receber em primeira mão as notícias das sete cidades do Grande ABC?

Entre no nosso grupo de WhatsApp. 
Clique aqui.
 

Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;