Fechar
Publicidade

Sexta-Feira, 22 de Outubro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Economia

economia@dgabc.com.br | 4435-8057

Porto e Itaú unificam 40 postos de atendimento

Marina Brandão/DGABC Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra


13/09/2010 | 07:14


Um ano após o anúncio da fusão, a Porto Seguro e o Itaú Unibanco estão prestes a concluir a integração das carteiras de automóveis e residências das duas seguradoras. Uma das últimas fases foi a integração dos 40 centros de atendimentos a sinistros, que passaram a ter a marca usada pelo Itaú.

A próxima etapa das duas empresas será a utilização de um sistema único de fornecimento de preços para os seguros de carros. A previsão é de que até dezembro tudo esteja concluído, diz o vice-presidente executivo da seguradora, Fabio Luchetti.

A meta da Porto e do Itaú é abrir mais 19 centros de atendimentos até o fim do ano. A Porto, conhecida no mercado pelos serviços que presta no seguro de carros, tinha seu próprio modelo, chamado de PAS (Posto de Atendimento ao Sinistro).

Nele, a seguradora avaliava o carro do segurado, enviava para uma oficina autorizada e o cliente ficava com o carro reserva. Já o Itaú tinha o CAR (Centro de Atendimento Rápido), que faz a vistoria e a liberação para o conserto. A diferença é que o próprio cliente leva o carro para a oficina.

No processo de fusão das duas carteiras, a Porto optou por ficar com a marca CAR, do Itaú e também por abrir os centros de atendimento para os clientes da Azul, seguradora do grupo com apólices mais baratas e com menos serviços. Na Azul, por exemplo, o desconto na franquia é de 15% e não há carro reserva. No caso da Porto, o desconto é de 35% e o carro reserva é por 15 dias.

"Os CARs surgem como um dos primeiros serviços aprimorados após a associação das empresas", diz Luchetti. As seguradoras vão manter as marcas separadas dos três seguros, que terão os nomes da Porto, do Itaú e da Azul, com preços e serviços diferentes.

Está em fase de testes na rede de agências do banco um programa que fornece a cotação do seguro das três marcas ao mesmo tempo. O corretor também terá um sistema semelhante. Assim, o cliente preenche o questionário que avalia seu perfil e sabe a cotação das três marcas. O seguro da Porto, mais caro, tem mais serviços; o da Azul é o mais barato.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;