Fechar
Publicidade

Domingo, 23 de Janeiro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

esportes@dgabc.com.br | 4435-8384

Felipão lamenta não ter conseguido Ronaldinho


Das Agências

27/08/2011 | 07:30


A fase lá não muita boa do Palmeiras, que culminou anteontem na eliminação diante do Vasco na Sul-Americana, fez Luiz Felipe Scolari lamentar não ter levado Ronaldinho Gaúcho, hoje no Flamengo, ao Palestra Itália. Porém, o técnico diz estar satisfeito com o atual elenco.

Em janeiro, o Verdão tentou contratar o meia, mas perdeu a disputa com os cariocas. Hoje, a responsabilidade se concentra entre Valdivia e Kleber, dois jogadores que retornaram ao clube na metade do ano passado após fazerem sucesso juntos em 2008.

Valdivia começa a render somente agora, depois de passar por sequência de lesões. O Gladiador vem superando polêmicas e quebrou na vitória por 3 a 1 sobre o Vasco jejum de dez jogos sem fazer gol.

Para Felipão, o desempenho do time poderia estar melhor. "Quantos gols o Ronaldinho fez no Brasileiro? Dez? Quantas assistências? Umas 15? A gente queria ter trazido o Ronaldinho Gaúcho... Será que teríamos dez gols e 15 assistências a mais?", questionou o técnico.

O Palmeiras tentou plano de marketing e tinha a proposta mais vantajosa em relação aos concorrentes Grêmio e Flamengo, mas Ronaldinho preferiu ir para o Rio.

 

REFORÇOS

O time ganhou dois reforços para o ataque, Ricardo Bueno, que fez exames médicos ontem, e Fernandão, ex-Guarani, apresentado no dia anterior. Os dois assinaram contrato até maio de 2012. Ricardo Bueno deve ser apresentado na próxima semana.

Com a lesão de Dinei, os reforços chegam em boa hora ao Palmeiras. "Agora terei alternativas, um centroavante de 1,90 m para usar nas bolas aéreas e outro que sabe cair mais pelos lados", comemorou o técnico palmeirense.

 



Quer receber em primeira mão as notícias das sete cidades do Grande ABC?

Entre no nosso grupo de WhatsApp. 
Clique aqui.
 

Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;