Fechar
Publicidade

Sábado, 11 de Julho

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Economia

soraiapedrozo@dgabc.com.br | 4435-8057

Abono do PIS/Pasep sobe para R$ 415


Luciele Velluto
Do Diário do Grande ABC

06/03/2008 | 07:05


O trabalhador que tem direito ao PIS/Pasep (Programa de Integração Social/ Programa de Formação do Patrimônio do Servidor) e que deixou para retirar o abono a partir de março vai receber R$ 415, cerca de R$ 35 a mais do que quem já retirou o benefício.

É o que informa o Ministério do Trabalho e Emprego e a Caixa Econômica Federal. Segundo o ministério, o abono é reajustado conforme o salário mínimo vigente – que subiu de R$ 380 para R$ 415 em 1º de março.

O órgão do Poder Executivo também informa que quem retirou o PIS/Pasep antes não terá o valor corrigido com o aumento do piso nacional.

Em 2007, o ministério anunciou que 14,18 milhões de trabalhadores teriam direito de retirar o benefício em uma agência da Caixa, no caso do PIS, ou do Banco do Brasil – para os servidores que recebem o Pasep.

Contudo, até o final do mês de fevereiro, 93,97% do total de trabalhadores já retiraram o valor de R$ 380 por pessoa.

Ainda há 855 mil trabalhadores com direito de retirar o abono salarial referente ao ano-base 2006, que pode ser sacado até 30 de junho deste ano.

Segundo a Caixa, no Estado de São Paulo há 153.070 trabalhadores que ainda não sacaram o PIS/Pasep e, com o novo valor do salário mínimo, são R$ 63,5 milhões disponíveis para saque.

DIREITO

Tem direito ao benefício quem trabalhou pelo menos 30 dias com carteira assinada em 2006 e recebeu, em média, até dois salários mínimos naquele ano. É preciso também estar cadastrado no programa desde 2002.

Para fazer o saque, o trabalhador deve comparecer em uma agência da Caixa ou Banco do Brasil com o número do PIS/Pasep e a carteira de identidade. A retirada do abono também pode ser feita em um posto bancário de qualquer cidade.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Abono do PIS/Pasep sobe para R$ 415

Luciele Velluto
Do Diário do Grande ABC

06/03/2008 | 07:05


O trabalhador que tem direito ao PIS/Pasep (Programa de Integração Social/ Programa de Formação do Patrimônio do Servidor) e que deixou para retirar o abono a partir de março vai receber R$ 415, cerca de R$ 35 a mais do que quem já retirou o benefício.

É o que informa o Ministério do Trabalho e Emprego e a Caixa Econômica Federal. Segundo o ministério, o abono é reajustado conforme o salário mínimo vigente – que subiu de R$ 380 para R$ 415 em 1º de março.

O órgão do Poder Executivo também informa que quem retirou o PIS/Pasep antes não terá o valor corrigido com o aumento do piso nacional.

Em 2007, o ministério anunciou que 14,18 milhões de trabalhadores teriam direito de retirar o benefício em uma agência da Caixa, no caso do PIS, ou do Banco do Brasil – para os servidores que recebem o Pasep.

Contudo, até o final do mês de fevereiro, 93,97% do total de trabalhadores já retiraram o valor de R$ 380 por pessoa.

Ainda há 855 mil trabalhadores com direito de retirar o abono salarial referente ao ano-base 2006, que pode ser sacado até 30 de junho deste ano.

Segundo a Caixa, no Estado de São Paulo há 153.070 trabalhadores que ainda não sacaram o PIS/Pasep e, com o novo valor do salário mínimo, são R$ 63,5 milhões disponíveis para saque.

DIREITO

Tem direito ao benefício quem trabalhou pelo menos 30 dias com carteira assinada em 2006 e recebeu, em média, até dois salários mínimos naquele ano. É preciso também estar cadastrado no programa desde 2002.

Para fazer o saque, o trabalhador deve comparecer em uma agência da Caixa ou Banco do Brasil com o número do PIS/Pasep e a carteira de identidade. A retirada do abono também pode ser feita em um posto bancário de qualquer cidade.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;