Fechar
Publicidade

Sábado, 6 de Junho

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Esportes

esportes@dgabc.com.br | 4435-8384

Ramalhão desafia série invicta do Taubaté atuando em seu estádio


Anderson Fattori
Do Diário do Grande ABC

27/03/2016 | 07:00


O Santo André terá missão complicada para retomar lugar no G-8 da Série A-2 – foi ultrapassado por Guarani e Barbarense, que já jogaram na rodada. A equipe precisa derrotar o Taubaté, às 10h, no Joaquinzão.
O problema é que a equipe do Interior acumula 16 jogos sem derrotas em casa – 12 vitórias e quatro empates. O último revés foi dia 1º de março de 2015, para o Juventus, na Série A-3.

Além disso, o técnico Toninho Cecílio terá de contornar problemas. O time perdeu um dia de treino para discutir o pagamento de salário com a diretoria. Além disso, não terá o goleiro Zé Carlos e o zagueiro Diogo Borges, suspensos, além do volante Diogo Orlando e do meia Fernando, machucados. Já os atacantes Robson e Diego Viana podem voltar ao time.

O jogo vai marcar o reencontro de dois jogadores revelados nas categorias de base do Ramalhão com a equipe: o meia Djalma e o atacante Makanaki, que hoje defendem o Taubaté.

PROTESTO
Ontem, cerca de 50 torcedores estiveram em frente a sede social do Santo André, no Jaçatuba, para protestar contra a diretoria e cobrar o pagamento do salário aos jogadores. 



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Ramalhão desafia série invicta do Taubaté atuando em seu estádio

Anderson Fattori
Do Diário do Grande ABC

27/03/2016 | 07:00


O Santo André terá missão complicada para retomar lugar no G-8 da Série A-2 – foi ultrapassado por Guarani e Barbarense, que já jogaram na rodada. A equipe precisa derrotar o Taubaté, às 10h, no Joaquinzão.
O problema é que a equipe do Interior acumula 16 jogos sem derrotas em casa – 12 vitórias e quatro empates. O último revés foi dia 1º de março de 2015, para o Juventus, na Série A-3.

Além disso, o técnico Toninho Cecílio terá de contornar problemas. O time perdeu um dia de treino para discutir o pagamento de salário com a diretoria. Além disso, não terá o goleiro Zé Carlos e o zagueiro Diogo Borges, suspensos, além do volante Diogo Orlando e do meia Fernando, machucados. Já os atacantes Robson e Diego Viana podem voltar ao time.

O jogo vai marcar o reencontro de dois jogadores revelados nas categorias de base do Ramalhão com a equipe: o meia Djalma e o atacante Makanaki, que hoje defendem o Taubaté.

PROTESTO
Ontem, cerca de 50 torcedores estiveram em frente a sede social do Santo André, no Jaçatuba, para protestar contra a diretoria e cobrar o pagamento do salário aos jogadores. 

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;