Fechar
Publicidade

Sexta-Feira, 26 de Novembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

setecidades@dgabc.com.br | 4435-8319

Confusão na porta da Craisa não atrapalha festa junina


Raquel de Medeiros
Do Diário do Grande ABC

29/06/2009 | 07:01


O último dia da 1ª Festa Junina de Santo André, realizada no estacionamento da Craisa, foi marcado por tumulto e violência. A confusão, no entanto, não afetou o público que assistia ao show do grupo de pagode Exaltasamba do lado de dentro dos portões.

Embora a festa não tenha atingido número máximo de público - havia 25 mil pessoas, sendo que o recorde foi de 33 mil no show de João Bosco e Vinicius, domingo passado -, a GCM optou por fechar os portões. "Hoje o público estava exaltado. Deixamos a cargo da polícia a operação de segurança", afirmou o secretário de Cultura, Edson Salvo Melo.

Enquanto uns aguardavam para entrar pelo portão oficial, outros tentavam entrar pelo acesso restrito a artistas e autoridades. Porém, todos foram barrados pela polícia, que jogava spray de pimenta, bombas de gás lacrimogêneo e batiam com o cassetete.

Segundo o secretário de Comunicação, Alexssander Soares, o público externo forçou a entrada quando os portões foram bloqueados. "Não é a primeira vez que fechamos os portões por causa do excesso de público, mas sempre foi tranquilo. Porém, o público de hoje é diferente, mais jovem, por causa do Exaltasamba."

Wesley Luiz, 17, estava indignado. "Eu estava esperando para entrar e um policial jogou spray no meu rosto."

Moradores do entorno disseram que a população não estava forçando a entrada, apenas curtindo o show da rua. "Jogaram uma bomba na porta da minha casa. O povo estava assistindo de fora numa boa", disse Vicente Paulo da Silva, 60.

De acordo com o comandante da GCM, Paulo Ricardo Rodrigues, não houve feridos dentro da Craisa. "A Força Tática foi chamada porque o público começou a forçar a entrada."



Quer receber em primeira mão as notícias das sete cidades do Grande ABC?

Entre no nosso grupo de WhatsApp. 
Clique aqui.
 

Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;