Fechar
Publicidade

Segunda-Feira, 2 de Agosto

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Nacional

nacional@dgabc.com.br | 4435-8301

Acidente prejudica desfile da Gaviões da Fiel em SP


São Paulo
Da AE

21/02/2004 | 19:04


Um defeito mecânico e cinco minutos de atraso, no desfile da madrugada de sábado, fizeram a escola Gaviões da Fiel perder 8 pontos, tornando a possibilidade de conquistar o tricampeonato no Carnaval de São Paulo praticamente nula. O último carro alegórico teve problemas e ficou desgovernado. Derrubou uma caixa de som, ferindo uma espectadora do camarote da Kaiser, entortou o portão e atingiu o cronômetro da dispersão, onde chegou sem o braço de um dos bonecos. Seis pessoas se machucaram.

Quatro vítimas foram levadas ao Hospital São Camilo de Santana e três receberam alta pela manhã. A outra iria passar por raio-X. Um quinto ferido foi levado ao Pronto-Socorro de Santana e outro atendido e liberado no sambódromo.Sábado mesmo, a Liga das Escolas de Samba de São Paulo decidiu punir a escola com a perda de 3 pontos pela quebra da alegoria e outros 5 pelos minutos de atraso. “Foi-se o trabalho de um ano”, lamentou o presidente da Gaviões, Ronaldo Pinto.

Tinha tudo para ser o desfile do tricampeonato: a Gaviões levou para a passarela fantasias caprichadas, carros alegóricos luxuosos e passistas animados. Até a prefeita Marta Suplicy havia confessado sua preferência pela agremiação (leia texto nesta página). No fim, a certeza da vitória deu lugar à desolação.

De fato, o desfile sobre revoluções políticas e culturais que marcaram a cidade era o melhor até então. O cronômetro marcava 1h03 e a dispersão da Gaviões estampava rostos desolados. Impecável até ali, a escola começou a atrasar por causa do último carro. Muitos choravam, imaginando o atraso. Sete minutos depois, o carro provocava o acidente. O desespero tomou conta dos componentes.

Enquanto a alegoria enroscava no portão, integrantes e seguranças discutiam. Na arquibancada, o público incentivava a escola. “O título fica difícil, mas a mensagem foi dada”, comentou o diretor de Carnaval da Gaviões da Fiel, Douglas de Húngaro. “É prematuro falar em rebaixamento, eles podem conseguir uma classificação honrosa”, acrescentou o presidente da Liga das Escolas de Samba, Robson de Oliveira, que depois deixou escapar: “Está descartado o rebaixamento”. Ele lembrou outro Carnaval em que a Vai-Vai perdeu 20 pontos, mas conseguiu manter-se no Grupo Especial.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;