Fechar
Publicidade

Quinta-Feira, 28 de Maio

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Internacional

internacional@dgabc.com.br | 4435-8301

EUA: Sandy congestiona serviço de emergência de NYC



30/10/2012 | 00:43


Os serviços de emergência, que nos Estados Unidos atendem pelo número 911, estão recebendo o recorde de 10 mil ligações a cada meia hora, por causa da chegada do furacão Sandy à costa leste norte-americana nesta noite, de acordo com o prefeito de Nova York, Michael Bloomberg, que há pouco deu entrevista coletiva para falar dos efeitos do furacão. Em média, o 911 costuma receber cerca de mil ligações a cada 30 minutos.

Bloomberg falou que a situação é grave, que a tempestade veio um pouco mais forte do que o esperado e pediu para as pessoas só ligarem para o 911 em casos graves, "de vida ou morte", pois caso contrário poderá comprometer o serviço de resgate e a qualidade do atendimento. O prefeito também pediu para as pessoas não saírem de casa.

O metrô, que tem várias estações alagadas, deve demorar ao menos quatro dias para voltar ao normal depois da tempestade, informou agora há pouco a Metropolitan Transportation Authority (MTA). Além das estações, alguns túneis também estão alagados.

Houve boatos de que a tempestade causou inundações de quase um metro de altura na Bolsa de Nova York, em Wall Street. Mas um porta-voz negou os rumores e mostrou imagens de uma câmara interna para confirmar que não estava alagado, às 0h10 (horário de Brasília). A enchente, contudo, pode atingir níveis recordes na cidade.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

EUA: Sandy congestiona serviço de emergência de NYC


30/10/2012 | 00:43


Os serviços de emergência, que nos Estados Unidos atendem pelo número 911, estão recebendo o recorde de 10 mil ligações a cada meia hora, por causa da chegada do furacão Sandy à costa leste norte-americana nesta noite, de acordo com o prefeito de Nova York, Michael Bloomberg, que há pouco deu entrevista coletiva para falar dos efeitos do furacão. Em média, o 911 costuma receber cerca de mil ligações a cada 30 minutos.

Bloomberg falou que a situação é grave, que a tempestade veio um pouco mais forte do que o esperado e pediu para as pessoas só ligarem para o 911 em casos graves, "de vida ou morte", pois caso contrário poderá comprometer o serviço de resgate e a qualidade do atendimento. O prefeito também pediu para as pessoas não saírem de casa.

O metrô, que tem várias estações alagadas, deve demorar ao menos quatro dias para voltar ao normal depois da tempestade, informou agora há pouco a Metropolitan Transportation Authority (MTA). Além das estações, alguns túneis também estão alagados.

Houve boatos de que a tempestade causou inundações de quase um metro de altura na Bolsa de Nova York, em Wall Street. Mas um porta-voz negou os rumores e mostrou imagens de uma câmara interna para confirmar que não estava alagado, às 0h10 (horário de Brasília). A enchente, contudo, pode atingir níveis recordes na cidade.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;