Fechar
Publicidade

Quinta-Feira, 2 de Julho

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Setecidades

setecidades@dgabc.com.br | 4435-8319

Rota do Sal reúne cidades da região

Celso Luiz/DGABC Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra

Passeio de inauguração mostra o potencial da trilha que combina ecoturismo e história


Andréa Ciaffone
do Diário do Grande ABC

23/06/2014 | 07:07


Frio, chuva e neblina num sábado de manhã. A combinação que, para a maioria das pessoas inspira travesseiros, cobertores e bebidas quentes, não foi capaz de dissuadir os mais de 70 ciclistas que participaram da abertura oficial da Rota do Sal, um caminho que combina fatos históricos com ecoturismo e que inspirou a união dos municípios de Santo André, por meio da Vila de Paranapiacaba, São Bernardo e Mogi das Cruzes.

Depois de percorrer a primeira parte do circuito até a chegada à parte baixa da Vila de Paranapiacaba, os ciclistas testemunharam a assinatura do protocolo de cooperação entre os municípios para o desenvolvimento das atividades relacionadas à Rota do Sal tanto no aspecto de conservação, sinalização e segurança quanto no de fomento das suas potencialidades econômicas.

“A Rota do Sal representa um resgate importante da história da região, já que nos leva de volta a 1640, mas também nos indica um caminho para o futuro da região no que se refere ao aproveitamento do seu potencial para o ecoturismo e turismo de aventura”, diz o secretário de Gestão da Vila de Paranapiacaba, Ricardo Di Giorgio, que foi o anfitrião da cerimônia de assinatura do acordo.

Para o secretário do Verde e Meio Ambiente de Mogi das Cruzes, Romildo Campello, o fato de as pessoas terem contato direto com a natureza na região ajuda muito nos esforços de conservação. Já o secretário de Desenvolvimento Econômico e Turismo da mesma cidade destaca que ter esse tipo de cooperação é fundamental para o desenvolvimento do potencial de ecoturismo das cidades.

“A inauguração é a primeira etapa. Agora começa a fase de fomento, em que queremos estimular grupos a percorrerem os diferentes caminhos da Rota do Sal”, diz o secretário de Gestão Ambiental de São Bernardo, João Ricardo Guimarães Caetano. “Da mesma forma que fizemos com a abertura da Estrada Velha de Santos, estamos estimulando os comerciantes a oferecer produtos e serviços pensados especialmente para atender às necessidades dos ciclistas ou praticantes de caminhada”, diz. 



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Rota do Sal reúne cidades da região

Passeio de inauguração mostra o potencial da trilha que combina ecoturismo e história

Andréa Ciaffone
do Diário do Grande ABC

23/06/2014 | 07:07


Frio, chuva e neblina num sábado de manhã. A combinação que, para a maioria das pessoas inspira travesseiros, cobertores e bebidas quentes, não foi capaz de dissuadir os mais de 70 ciclistas que participaram da abertura oficial da Rota do Sal, um caminho que combina fatos históricos com ecoturismo e que inspirou a união dos municípios de Santo André, por meio da Vila de Paranapiacaba, São Bernardo e Mogi das Cruzes.

Depois de percorrer a primeira parte do circuito até a chegada à parte baixa da Vila de Paranapiacaba, os ciclistas testemunharam a assinatura do protocolo de cooperação entre os municípios para o desenvolvimento das atividades relacionadas à Rota do Sal tanto no aspecto de conservação, sinalização e segurança quanto no de fomento das suas potencialidades econômicas.

“A Rota do Sal representa um resgate importante da história da região, já que nos leva de volta a 1640, mas também nos indica um caminho para o futuro da região no que se refere ao aproveitamento do seu potencial para o ecoturismo e turismo de aventura”, diz o secretário de Gestão da Vila de Paranapiacaba, Ricardo Di Giorgio, que foi o anfitrião da cerimônia de assinatura do acordo.

Para o secretário do Verde e Meio Ambiente de Mogi das Cruzes, Romildo Campello, o fato de as pessoas terem contato direto com a natureza na região ajuda muito nos esforços de conservação. Já o secretário de Desenvolvimento Econômico e Turismo da mesma cidade destaca que ter esse tipo de cooperação é fundamental para o desenvolvimento do potencial de ecoturismo das cidades.

“A inauguração é a primeira etapa. Agora começa a fase de fomento, em que queremos estimular grupos a percorrerem os diferentes caminhos da Rota do Sal”, diz o secretário de Gestão Ambiental de São Bernardo, João Ricardo Guimarães Caetano. “Da mesma forma que fizemos com a abertura da Estrada Velha de Santos, estamos estimulando os comerciantes a oferecer produtos e serviços pensados especialmente para atender às necessidades dos ciclistas ou praticantes de caminhada”, diz. 

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;