Fechar
Publicidade

Sábado, 6 de Junho

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Economia

soraiapedrozo@dgabc.com.br | 4435-8057

Entidades vão dar consultoria gratuita a 30 autopeças


Leone Farias
Do Diário do Grande ABC

22/06/2012 | 07:00


Um projeto para fortalecer a competitividade das indústrias de autopeças da região foi apresentado ontem em evento na subsede de Diadema do Sindicato dos Metalúrgicos do ABC.

A iniciativa, encabeçada pelo Consórcio Intermunicipal do Grande ABC em parceria com a Agência de Desenvolvimento Econômico do Grande ABC e a ABDI (Agência Brasileira de Desenvolvimento Industrial), tem como foco dar consultoria gratuita em inovação e em gestão para pequenas e médias empresas de autopeças, para viabilizar o acesso a oportunidades de negócios e promover difusão tecnológica.

Com isso, as entidades pretendem viabilizar a substituição de importações de fora do bloco do Mercosul e aumentar as exportações por meio de capacitação tecnológica e o acesso a oportunidades de negócios das empresas. A iniciativa se enquadra dentro dos propósitos do programa de Regime Automotivo, que exige das montadoras, para que não tenham elevação do IPI (Imposto sobre Produtos Industrializados), que os carros fabricados no País tenham 65% de componentes nacionais (ou do bloco comercial).

SELEÇÃO

O projeto, que receberá US$ 3,CW-169 milhões em recursos - sendo US$ 2,9 milhões oriundos do Focem (Fundo para a Convergência Estrutural e Fortalecimento Institucional do Mercosul) e outros US$ 968 mil da ABDI - deve ser lançado em julho e vai oferecer, na região, apoio técnico gratuito a 30 indústrias.

O edital para a inscrição dos interessados deve ser aberto nos próximos dias. "Vamos selecionar as 30 empresas que serão apoiadas, tendo como foco a ideia de complementaridade no setor produtivo", afirmou o secretário de Desenvolvimento Econômico de São Bernardo, Jefferson da Conceição, que foi escolhido para ser representante do GT (Grupo de Trabalho) Automotivo do consórcio no comitê nacional do projeto.

Por meio das consultorias, os empresários terão condições de estruturar melhor o negócio e, com isso, produzir mais e abrir mais postos de trabalho, afirma o coordenador da base de São Bernardo do Sindicato dos Metalúrgicos do ABC, Nelsi Rodrigues da Silva, o Morcegão, que participou do evento ontem. "É preciso pensar em como fortalecer as empresas, para que sejam mais competitivas e para gerarem mais empregos", diz.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Entidades vão dar consultoria gratuita a 30 autopeças

Leone Farias
Do Diário do Grande ABC

22/06/2012 | 07:00


Um projeto para fortalecer a competitividade das indústrias de autopeças da região foi apresentado ontem em evento na subsede de Diadema do Sindicato dos Metalúrgicos do ABC.

A iniciativa, encabeçada pelo Consórcio Intermunicipal do Grande ABC em parceria com a Agência de Desenvolvimento Econômico do Grande ABC e a ABDI (Agência Brasileira de Desenvolvimento Industrial), tem como foco dar consultoria gratuita em inovação e em gestão para pequenas e médias empresas de autopeças, para viabilizar o acesso a oportunidades de negócios e promover difusão tecnológica.

Com isso, as entidades pretendem viabilizar a substituição de importações de fora do bloco do Mercosul e aumentar as exportações por meio de capacitação tecnológica e o acesso a oportunidades de negócios das empresas. A iniciativa se enquadra dentro dos propósitos do programa de Regime Automotivo, que exige das montadoras, para que não tenham elevação do IPI (Imposto sobre Produtos Industrializados), que os carros fabricados no País tenham 65% de componentes nacionais (ou do bloco comercial).

SELEÇÃO

O projeto, que receberá US$ 3,CW-169 milhões em recursos - sendo US$ 2,9 milhões oriundos do Focem (Fundo para a Convergência Estrutural e Fortalecimento Institucional do Mercosul) e outros US$ 968 mil da ABDI - deve ser lançado em julho e vai oferecer, na região, apoio técnico gratuito a 30 indústrias.

O edital para a inscrição dos interessados deve ser aberto nos próximos dias. "Vamos selecionar as 30 empresas que serão apoiadas, tendo como foco a ideia de complementaridade no setor produtivo", afirmou o secretário de Desenvolvimento Econômico de São Bernardo, Jefferson da Conceição, que foi escolhido para ser representante do GT (Grupo de Trabalho) Automotivo do consórcio no comitê nacional do projeto.

Por meio das consultorias, os empresários terão condições de estruturar melhor o negócio e, com isso, produzir mais e abrir mais postos de trabalho, afirma o coordenador da base de São Bernardo do Sindicato dos Metalúrgicos do ABC, Nelsi Rodrigues da Silva, o Morcegão, que participou do evento ontem. "É preciso pensar em como fortalecer as empresas, para que sejam mais competitivas e para gerarem mais empregos", diz.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;