Fechar
Publicidade

Sábado, 4 de Julho

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Economia

soraiapedrozo@dgabc.com.br | 4435-8057

Montadora chinesa anuncia investimentos no Rio de Janeiro


Diário do Grande ABC

30/10/2010 | 07:42


A montadora chinesa CR Zongshen E-Power anunciou  que a cidade de Sapucaia, no interior do Rio de Janeiro, será a sede de sua primeira fábrica de bicicletas e motos movidos a energia elétrica no País. O empreendimento receberá investimentos de R$ 20 milhões e terá capacidade instalada para produção de 10 mil unidades por mês.

O anúncio foi feito pelo presidente da empresa CR Zongshen do Brasil, Claudio Rosa Júnior. O governador disse que o Estado poderá estimular a venda dos veículos produzidos. "O Estado poderá ser um estimulador do financiamento dos produtos para nossos professores e policiais, por exemplo", disse Cabral. Ele cobrou do presidente da empresa que as autopeças também passem a ser feitas no País. Inicialmente todos os componentes devem ser importados.

Rosa Júnior declarou que a intenção é nacionalizar a produção desses itens, mas admitiu que eles ainda não são feitos aqui. Segundo ele, a empresa já está em conversas com a Bosch para estudar essa possibilidade.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Montadora chinesa anuncia investimentos no Rio de Janeiro

Diário do Grande ABC

30/10/2010 | 07:42


A montadora chinesa CR Zongshen E-Power anunciou  que a cidade de Sapucaia, no interior do Rio de Janeiro, será a sede de sua primeira fábrica de bicicletas e motos movidos a energia elétrica no País. O empreendimento receberá investimentos de R$ 20 milhões e terá capacidade instalada para produção de 10 mil unidades por mês.

O anúncio foi feito pelo presidente da empresa CR Zongshen do Brasil, Claudio Rosa Júnior. O governador disse que o Estado poderá estimular a venda dos veículos produzidos. "O Estado poderá ser um estimulador do financiamento dos produtos para nossos professores e policiais, por exemplo", disse Cabral. Ele cobrou do presidente da empresa que as autopeças também passem a ser feitas no País. Inicialmente todos os componentes devem ser importados.

Rosa Júnior declarou que a intenção é nacionalizar a produção desses itens, mas admitiu que eles ainda não são feitos aqui. Segundo ele, a empresa já está em conversas com a Bosch para estudar essa possibilidade.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;