Fechar
Publicidade

Segunda-Feira, 24 de Fevereiro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Setecidades

setecidades@dgabc.com.br | 4435-8319

Eleição é tema do 14º ano da Parada LGBTI de Sto.André

Evento, programado para acontecer a partir das 12h de amanhã, espera atrair 2.000 pessoas


Bianca Barbosa
especial para o Diário

15/09/2018 | 07:00


Com o tema “Vote Direitos Humanos, Vote em LGBTI e em Quem os Apoia”, a 14ª edição da Parada do orgulho LGBTI (Lésbicas, Gays, Bissexuais, Transgêneros, Travestis e Intersexuais) de Santo André, amanhã, pretende discutir a importância da representatividade política entre a comunidade. A festa, programada para começar às 12h, no cruzamento da Avenida Dom Pedro II com a Rua Catequese, no bairro Jardim, tem a expectativa de reunir pelo menos 2.000 participantes.

“Não estaremos defendendo nenhum partido ou criticando candidatos. Nossa parada vai focar na condição do Grande ABC e em cobrar dos prefeitos da região a implantação da Coordenadoria LGBTI em cada Prefeitura”, explicou Marcelo Gil, criador da Ong ABCD''''S (Ação Brotar pela Cidadania e Diversidade Sexual) e organizador do evento. Segundo ele, exemplo claro da falta de representatividade LGBTI é o cenário político das sete cidades, que não conta com nenhuma liderança da comunidade na gestão pública.

O evento contará com cinco trios elétricos, sendo que o primeiro – palco dos discursos – está marcado para iniciar às 14h. A segunda atração é o estreante carro de som da casa noturna Espaço Aberto, localizada em Santo André. A promessa é de agitar a galera ao som de samba ao vivo e show com drag queens. Para o empresário Jairo Barros de Andrade, proprietário da balada, a ansiedade de participar pela primeira vez da festa só não é maior do que o orgulho pelo tema escolhido pelos organizadores. “É um assunto que faz refletir sobre a realidade de como somos tratados na sociedade. Querendo ou não, há o preconceito, e precisamos pensar em quem vamos votar. Nossas ações são refletidas na Educação, Saúde e Segurança”, destacou.

A festa temática terá também trio elétrico com gogo boys, carro de som com músicas de axé e, por último, atração denominada show da diversidade. Serão oito cantores, pelo menos 20 drag queens confirmadas e sete DJ''''''''s, entre eles o Leotrox, badalado entre as festas paulistas. 

Atração confirmada, a miss gay 2018 de Santo André, drag Thayla Fenatti, participará pela primeira vez da festa. “A expectativa está a mil. Não só por ser um dia de celebração de todas as conquistas que já tivemos, mas também por ser um momento de visibilidade para a causa LGBTI no Grande ABC", considerou. Ela ressaltou, ainda, a importância do tema da parada. “Trata-se de apenas um grãozinho de areia que estarei representando, mas que pode fazer a diferença na vida das próximas gerações.”

ROTEIRO

A concentração dos participantes vai ocorrer na esquina entre a Avenida Dom Pedro II e a Rua Catequese. Depois, o grupo seguirá pela Rua Caneleiras e pela Avenida Industrial (veja arte acima). O DET (Departamento de Engenharia de Tráfego) de Santo André realizará interdições pontuais, a partir das 12h, para a passagem da parada. Haverá interrupção parcial no tráfego da Rua Catequese (entre a avenida Dom Pedro II e avenida Padre Anchieta) e interdição do Viaduto Acisa, no sentido São Caetano. A partir das 14h, haverá bloqueio parcial da Avenida Dom Pedro II (entre a Rua Catequese e Rua das Caneleiras). A liberação aos motoristas será realizada conforme a passagem dos trios elétricos pelas vias. 



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Eleição é tema do 14º ano da Parada LGBTI de Sto.André

Evento, programado para acontecer a partir das 12h de amanhã, espera atrair 2.000 pessoas

Bianca Barbosa
especial para o Diário

15/09/2018 | 07:00


Com o tema “Vote Direitos Humanos, Vote em LGBTI e em Quem os Apoia”, a 14ª edição da Parada do orgulho LGBTI (Lésbicas, Gays, Bissexuais, Transgêneros, Travestis e Intersexuais) de Santo André, amanhã, pretende discutir a importância da representatividade política entre a comunidade. A festa, programada para começar às 12h, no cruzamento da Avenida Dom Pedro II com a Rua Catequese, no bairro Jardim, tem a expectativa de reunir pelo menos 2.000 participantes.

“Não estaremos defendendo nenhum partido ou criticando candidatos. Nossa parada vai focar na condição do Grande ABC e em cobrar dos prefeitos da região a implantação da Coordenadoria LGBTI em cada Prefeitura”, explicou Marcelo Gil, criador da Ong ABCD''''S (Ação Brotar pela Cidadania e Diversidade Sexual) e organizador do evento. Segundo ele, exemplo claro da falta de representatividade LGBTI é o cenário político das sete cidades, que não conta com nenhuma liderança da comunidade na gestão pública.

O evento contará com cinco trios elétricos, sendo que o primeiro – palco dos discursos – está marcado para iniciar às 14h. A segunda atração é o estreante carro de som da casa noturna Espaço Aberto, localizada em Santo André. A promessa é de agitar a galera ao som de samba ao vivo e show com drag queens. Para o empresário Jairo Barros de Andrade, proprietário da balada, a ansiedade de participar pela primeira vez da festa só não é maior do que o orgulho pelo tema escolhido pelos organizadores. “É um assunto que faz refletir sobre a realidade de como somos tratados na sociedade. Querendo ou não, há o preconceito, e precisamos pensar em quem vamos votar. Nossas ações são refletidas na Educação, Saúde e Segurança”, destacou.

A festa temática terá também trio elétrico com gogo boys, carro de som com músicas de axé e, por último, atração denominada show da diversidade. Serão oito cantores, pelo menos 20 drag queens confirmadas e sete DJ''''''''s, entre eles o Leotrox, badalado entre as festas paulistas. 

Atração confirmada, a miss gay 2018 de Santo André, drag Thayla Fenatti, participará pela primeira vez da festa. “A expectativa está a mil. Não só por ser um dia de celebração de todas as conquistas que já tivemos, mas também por ser um momento de visibilidade para a causa LGBTI no Grande ABC", considerou. Ela ressaltou, ainda, a importância do tema da parada. “Trata-se de apenas um grãozinho de areia que estarei representando, mas que pode fazer a diferença na vida das próximas gerações.”

ROTEIRO

A concentração dos participantes vai ocorrer na esquina entre a Avenida Dom Pedro II e a Rua Catequese. Depois, o grupo seguirá pela Rua Caneleiras e pela Avenida Industrial (veja arte acima). O DET (Departamento de Engenharia de Tráfego) de Santo André realizará interdições pontuais, a partir das 12h, para a passagem da parada. Haverá interrupção parcial no tráfego da Rua Catequese (entre a avenida Dom Pedro II e avenida Padre Anchieta) e interdição do Viaduto Acisa, no sentido São Caetano. A partir das 14h, haverá bloqueio parcial da Avenida Dom Pedro II (entre a Rua Catequese e Rua das Caneleiras). A liberação aos motoristas será realizada conforme a passagem dos trios elétricos pelas vias. 

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;