Fechar
Publicidade

Terça-Feira, 2 de Junho

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

|

Como escolher escritórios pós-Sped

Assunto de conhecimento da classe contábil, o Sped...


Dgabc

25/06/2012 | 00:00


Artigo

Assunto de conhecimento da classe contábil, o Sped (Sistema Público de Escrituração Digital) para o Fisco se traduz em instrumento de redução da sonegação fiscal e fraudes. No entanto, para o contribuinte é objeto de muitas dúvidas. Nessa seara encontra-se o empresário que desconhece o tema. Em especial para essas pessoas, a orientação é uma só: agendar reunião com seu contador e solicitar esclarecimentos sobre como o Sped pode impactar sua empresa.

Atenção, senhor empresário: o Sped em sua empresa é uma realidade. Para implantá-lo, você precisa se adequar e contar com profissionais capacitados, a fim de assessorá-lo. O Sped é mudança imposta e que necessita ser implantada nas empresas. Num primeiro momento, o empresário pode relutar por essa imposição, como também sobre seus benefícios, custos; mas o dia a dia mostrará que - com ferramentas certas e orientação adequada - a sua empresa só tende a ganhar em competitividade e estruturação.

Hoje os escritórios de contabilidade estão diante de um dilema: quantos estão preparados para auxiliar os empresários na gestão de seus negócios frente à realidade do Sped? Neste sentido, profissionais do segmento contábil estão passando por reformulações gigantescas. São obrigados a trocar o motor com o avião voando, tendo de mudar processos, investir em tecnologia, treinamento, consultoria e formação de mão de obra.

Com o Sped, erros que não eram detectados, ou levavam anos para gerar algum tipo de problema para a empresa, são casos do passado. Agora, além das pesadas multas impostas ao contribuinte, os riscos se tornaram quase instantâneos.

O Sped envolve elos importantes, como o sistema informatizado de gestão utilizado para a emissão de notas fiscais e demais operações da companhia. Há empresas de sistemas de gestão colocando todas as responsabilidades do projeto nas mãos do contador. É equívoco e mostra o grau de imaturidade das empresas de software diante do Sped. O empresário, o responsável pelo software de gestão e o contador precisam estar em sintonia para garantir que as informações geradas não coloquem em risco a empresa. Honorário com preço mais baixo é simples armadilha. Os serviços pós-Sped exigem investimentos, especialização, atenção e maior proximidade do escritório contábil com o negócio do cliente.

Carlos Meni é presidente da Prosoft Tecnologia.

PALAVRA DO LEITOR

PT e Maluf

Para quem estranha a aliança PT e Maluf, é bom lembrar que Maluf continua o mesmo. O mesmo que alega não ter conta no Exterior, que não pode visitar 180 países, pois corre risco de ser preso, enquanto que no Brasil ficou na cadeia somente 40 dias. O mesmo que apoia qualquer partido desde que seja governo. O que devemos estranhar são os companheiros que em 1980 fundaram um partido, chamado dos trabalhadores e com a bandeira da ética e da moralidade, mas que repetem os males que tanto criticavam. Exemplos? Mensalão, dólar na cueca e aliança com Maluf. Está difícil saber quem é menos corrupto na hora de votar.

Wilson Malavolta, São Bernardo

Reciclagem

São pessoas de coragem, que levantam de madrugada para recolher papelão, garrafas plásticas e outros, e as agradecemos por isso. Porém, no local onde vão esses itens está tudo bagunçado, pelo menos na Avenida São Paulo, altura do número 500, bairro Marajoara, em Santo André. Eles tomam a calçada com sacos enormes, carrinhos, e nós, transeuntes, não conseguimos passar, a não ser no outro lado ou pelo meio da via. Estranho que os comerciantes do quarteirão não se preocupem! Nada contra o pessoal da reciclagem, mas a Prefeitura poderia indicar lugar apropriado para isso, inclusive custeado pelo órgão. Repito, nada contra eles, porém estão em uma avenida onde a higiene é fundamental para todos nós!

Arlindo de Almeida, Santo André

Ninguém vê!

Baseado na lei da informação (12527 de 18/11/11), gostaria que o departamento de trânsito de São Bernardo informasse quais viaturas, quais agentes, horários e datas têm efetuado fiscalização no Riacho Grande, em especial na fila da balsa, bem como quais os resultados dos trabalhos. Toda vez que se reclama do local, eles se limitam a informar que a fiscalização esta sendo feita, porém nunca se vê esse pessoal por lá. A chefia tem certeza da presença deles?

Danilo Colombo, São Bernardo

Malufou

Até então eles eram inimigos ferrenhos na política, ou pelo menos passavam essa impressão para o eleitorado. A briga entre Lula e Maluf sempre foi a tônica nas eleições do País. Porém, agora, talvez pelo excesso de quimioterapia, que deve ter afetado seus neurônios, Lula malufou. A cena no jardim na casa de Maluf, onde os ex-antagonistas trocaram afagos, foi ridícula, mostrando que a hipocrisia no meio político não tem limites e quando a ganância pelo poder atinge o homem, ele perde completamente a postura, sujeitando-se muitas vezes a episódios execráveis. Futuramente, o ex-presidente poderá chegar novamente ao poder máximo da Nação. Porém, uma coisa é certa, não será através do meu voto e muito menos dos votos de pessoas com vergonha na cara. Isso é fato!

Sérgio Dias Nunes, São Caetano

UPA do Rudge

Senhores prefeito e secretário da Saúde de São Bernardo, a UPA do Rudge Ramos está com prédio incrível, bonito, limpo e conservado. O atendimento dos médicos eu considero bom, mas acompanhem o descaso no atendimento na recepção. É precário, faltam funcionários e vontade de trabalhar de quem ali está! Uma guia de ultrassom, por exemplo, demora mais de um mês para se conseguir! E olha que é só uma guia, pois o passo seguinte é ir até o Centro da cidade agendar sabe-se lá o dia que irá conseguir fazer o tal exame. Então, não adianta fazer prédios de luxo e propaganda, a população só quer ser atendida com dignidade. Só isso!

Guilherme J.Ster, São Bernardo

Linha I01

Referente à Linha I01, não houve mudanças. O que diz a Ouvidoria de Santo André não condiz com os fatos vividos pelos usuários da linha, pois em nenhum momento foi constatada presença de fiscal, e que tenha havido contato com passageiros que a utilizam e enfrentam os mesmos problemas. Continua havendo atrasos, tanto na parte da manhã como à tarde. Em dias úteis, fins de semanas e feriados, o tempo de espera chega a uma hora e 15 minutos! Se há sete ônibus na linha, por que não tem saída direto da Fundação Santo André sem ser retorno como linha circular? Já li neste Diário que há problemas em outras linhas e dizem que vai haver fiscalização, então que se aplique à Linha I01, e que ao menos minimizem o problema, principalmente nesses dias de chuva.

Luiz Antônio Ramos Ferreira, Santo André 



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Como escolher escritórios pós-Sped

Assunto de conhecimento da classe contábil, o Sped...

Dgabc

25/06/2012 | 00:00


Artigo

Assunto de conhecimento da classe contábil, o Sped (Sistema Público de Escrituração Digital) para o Fisco se traduz em instrumento de redução da sonegação fiscal e fraudes. No entanto, para o contribuinte é objeto de muitas dúvidas. Nessa seara encontra-se o empresário que desconhece o tema. Em especial para essas pessoas, a orientação é uma só: agendar reunião com seu contador e solicitar esclarecimentos sobre como o Sped pode impactar sua empresa.

Atenção, senhor empresário: o Sped em sua empresa é uma realidade. Para implantá-lo, você precisa se adequar e contar com profissionais capacitados, a fim de assessorá-lo. O Sped é mudança imposta e que necessita ser implantada nas empresas. Num primeiro momento, o empresário pode relutar por essa imposição, como também sobre seus benefícios, custos; mas o dia a dia mostrará que - com ferramentas certas e orientação adequada - a sua empresa só tende a ganhar em competitividade e estruturação.

Hoje os escritórios de contabilidade estão diante de um dilema: quantos estão preparados para auxiliar os empresários na gestão de seus negócios frente à realidade do Sped? Neste sentido, profissionais do segmento contábil estão passando por reformulações gigantescas. São obrigados a trocar o motor com o avião voando, tendo de mudar processos, investir em tecnologia, treinamento, consultoria e formação de mão de obra.

Com o Sped, erros que não eram detectados, ou levavam anos para gerar algum tipo de problema para a empresa, são casos do passado. Agora, além das pesadas multas impostas ao contribuinte, os riscos se tornaram quase instantâneos.

O Sped envolve elos importantes, como o sistema informatizado de gestão utilizado para a emissão de notas fiscais e demais operações da companhia. Há empresas de sistemas de gestão colocando todas as responsabilidades do projeto nas mãos do contador. É equívoco e mostra o grau de imaturidade das empresas de software diante do Sped. O empresário, o responsável pelo software de gestão e o contador precisam estar em sintonia para garantir que as informações geradas não coloquem em risco a empresa. Honorário com preço mais baixo é simples armadilha. Os serviços pós-Sped exigem investimentos, especialização, atenção e maior proximidade do escritório contábil com o negócio do cliente.

Carlos Meni é presidente da Prosoft Tecnologia.

PALAVRA DO LEITOR

PT e Maluf

Para quem estranha a aliança PT e Maluf, é bom lembrar que Maluf continua o mesmo. O mesmo que alega não ter conta no Exterior, que não pode visitar 180 países, pois corre risco de ser preso, enquanto que no Brasil ficou na cadeia somente 40 dias. O mesmo que apoia qualquer partido desde que seja governo. O que devemos estranhar são os companheiros que em 1980 fundaram um partido, chamado dos trabalhadores e com a bandeira da ética e da moralidade, mas que repetem os males que tanto criticavam. Exemplos? Mensalão, dólar na cueca e aliança com Maluf. Está difícil saber quem é menos corrupto na hora de votar.

Wilson Malavolta, São Bernardo

Reciclagem

São pessoas de coragem, que levantam de madrugada para recolher papelão, garrafas plásticas e outros, e as agradecemos por isso. Porém, no local onde vão esses itens está tudo bagunçado, pelo menos na Avenida São Paulo, altura do número 500, bairro Marajoara, em Santo André. Eles tomam a calçada com sacos enormes, carrinhos, e nós, transeuntes, não conseguimos passar, a não ser no outro lado ou pelo meio da via. Estranho que os comerciantes do quarteirão não se preocupem! Nada contra o pessoal da reciclagem, mas a Prefeitura poderia indicar lugar apropriado para isso, inclusive custeado pelo órgão. Repito, nada contra eles, porém estão em uma avenida onde a higiene é fundamental para todos nós!

Arlindo de Almeida, Santo André

Ninguém vê!

Baseado na lei da informação (12527 de 18/11/11), gostaria que o departamento de trânsito de São Bernardo informasse quais viaturas, quais agentes, horários e datas têm efetuado fiscalização no Riacho Grande, em especial na fila da balsa, bem como quais os resultados dos trabalhos. Toda vez que se reclama do local, eles se limitam a informar que a fiscalização esta sendo feita, porém nunca se vê esse pessoal por lá. A chefia tem certeza da presença deles?

Danilo Colombo, São Bernardo

Malufou

Até então eles eram inimigos ferrenhos na política, ou pelo menos passavam essa impressão para o eleitorado. A briga entre Lula e Maluf sempre foi a tônica nas eleições do País. Porém, agora, talvez pelo excesso de quimioterapia, que deve ter afetado seus neurônios, Lula malufou. A cena no jardim na casa de Maluf, onde os ex-antagonistas trocaram afagos, foi ridícula, mostrando que a hipocrisia no meio político não tem limites e quando a ganância pelo poder atinge o homem, ele perde completamente a postura, sujeitando-se muitas vezes a episódios execráveis. Futuramente, o ex-presidente poderá chegar novamente ao poder máximo da Nação. Porém, uma coisa é certa, não será através do meu voto e muito menos dos votos de pessoas com vergonha na cara. Isso é fato!

Sérgio Dias Nunes, São Caetano

UPA do Rudge

Senhores prefeito e secretário da Saúde de São Bernardo, a UPA do Rudge Ramos está com prédio incrível, bonito, limpo e conservado. O atendimento dos médicos eu considero bom, mas acompanhem o descaso no atendimento na recepção. É precário, faltam funcionários e vontade de trabalhar de quem ali está! Uma guia de ultrassom, por exemplo, demora mais de um mês para se conseguir! E olha que é só uma guia, pois o passo seguinte é ir até o Centro da cidade agendar sabe-se lá o dia que irá conseguir fazer o tal exame. Então, não adianta fazer prédios de luxo e propaganda, a população só quer ser atendida com dignidade. Só isso!

Guilherme J.Ster, São Bernardo

Linha I01

Referente à Linha I01, não houve mudanças. O que diz a Ouvidoria de Santo André não condiz com os fatos vividos pelos usuários da linha, pois em nenhum momento foi constatada presença de fiscal, e que tenha havido contato com passageiros que a utilizam e enfrentam os mesmos problemas. Continua havendo atrasos, tanto na parte da manhã como à tarde. Em dias úteis, fins de semanas e feriados, o tempo de espera chega a uma hora e 15 minutos! Se há sete ônibus na linha, por que não tem saída direto da Fundação Santo André sem ser retorno como linha circular? Já li neste Diário que há problemas em outras linhas e dizem que vai haver fiscalização, então que se aplique à Linha I01, e que ao menos minimizem o problema, principalmente nesses dias de chuva.

Luiz Antônio Ramos Ferreira, Santo André 

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;