Fechar
Publicidade

Sábado, 25 de Janeiro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Esportes

esportes@dgabc.com.br | 4435-8384

Contra o Cruzeiro no Morumbi, São Paulo quer confirmar nova fase no Brasileirão



15/09/2016 | 06:45


O segundo jogo seguido no estádio do Morumbi, na capital paulista, é a chance tão esperada pelo São Paulo para sair das últimas posições do Campeonato Brasileiro e mostrar força. Por isso, contra o Cruzeiro, nesta quinta-feira, às 21 horas, pela 25.ª rodada, a equipe joga para provar que a vitória na última rodada não foi casual, mas sim o início de uma reação.

Nos 3 a 1 sobre o Figueirense, o time superou a pressão de estar um ponto acima da zona de rebaixamento, venceu em casa após dois meses de jejum e ganhou a primeira sob o comando do técnico Ricardo Gomes. O desafio a partir de agora deixa de ser meramente acabar com o sufoco. Trata-se de começar uma sequência positiva para restabelecer um ambiente tranquilo após seguidos contratempos recentes, como a invasão da torcida ao CT e troca na diretoria executiva de futebol.

"A postura tem de ser a mesma do jogo contra o Figueirense: ir para cima. Temos de pensar na vitória para nos afastarmos o mais rápido possível lá de baixo", resumiu o volante Thiago Mendes.

Assim como a equipe catarinense, o Cruzeiro também está na parte de baixo da tabela e vai ao Morumbi para um confronto direto. Os mineiros têm dois pontos a menos do que o São Paulo e estiveram entre os quatro últimos colocados em rodadas anteriores.

O São Paulo deve repetir a estratégia da partida do último domingo, com muita pressão desde o início e a insistência em jogadas velozes pelo lado direito. A única possível mudança entre os titulares é a volta do zagueiro Rodrigo Caio, recuperado de problemas no quadril. Ricardo Gomes não revelou a formação titular. O último trabalho da equipe foi uma atividade fechada na noite desta quarta-feira no Morumbi.

No elenco, a novidade deve ser a presença de Michel Bastos entre os relacionados. Fora dos últimos dois jogos, o meia conversou com o novo diretor, Marco Aurélio Cunha, e manifestou a vontade de continuar no São Paulo, apesar de ter sido agredido por torcedores semanas atrás no CT da Barra Funda.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Contra o Cruzeiro no Morumbi, São Paulo quer confirmar nova fase no Brasileirão


15/09/2016 | 06:45


O segundo jogo seguido no estádio do Morumbi, na capital paulista, é a chance tão esperada pelo São Paulo para sair das últimas posições do Campeonato Brasileiro e mostrar força. Por isso, contra o Cruzeiro, nesta quinta-feira, às 21 horas, pela 25.ª rodada, a equipe joga para provar que a vitória na última rodada não foi casual, mas sim o início de uma reação.

Nos 3 a 1 sobre o Figueirense, o time superou a pressão de estar um ponto acima da zona de rebaixamento, venceu em casa após dois meses de jejum e ganhou a primeira sob o comando do técnico Ricardo Gomes. O desafio a partir de agora deixa de ser meramente acabar com o sufoco. Trata-se de começar uma sequência positiva para restabelecer um ambiente tranquilo após seguidos contratempos recentes, como a invasão da torcida ao CT e troca na diretoria executiva de futebol.

"A postura tem de ser a mesma do jogo contra o Figueirense: ir para cima. Temos de pensar na vitória para nos afastarmos o mais rápido possível lá de baixo", resumiu o volante Thiago Mendes.

Assim como a equipe catarinense, o Cruzeiro também está na parte de baixo da tabela e vai ao Morumbi para um confronto direto. Os mineiros têm dois pontos a menos do que o São Paulo e estiveram entre os quatro últimos colocados em rodadas anteriores.

O São Paulo deve repetir a estratégia da partida do último domingo, com muita pressão desde o início e a insistência em jogadas velozes pelo lado direito. A única possível mudança entre os titulares é a volta do zagueiro Rodrigo Caio, recuperado de problemas no quadril. Ricardo Gomes não revelou a formação titular. O último trabalho da equipe foi uma atividade fechada na noite desta quarta-feira no Morumbi.

No elenco, a novidade deve ser a presença de Michel Bastos entre os relacionados. Fora dos últimos dois jogos, o meia conversou com o novo diretor, Marco Aurélio Cunha, e manifestou a vontade de continuar no São Paulo, apesar de ter sido agredido por torcedores semanas atrás no CT da Barra Funda.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;