Fechar
Publicidade

Sexta-Feira, 14 de Agosto

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Internacional

internacional@dgabc.com.br | 4435-8301

Romena de 67 anos dá à luz bebê de 1,4 quilo


Da AFP

16/01/2005 | 16:15


O nascimento do bebê da romena Adriana Iliescu, 67 anos, que ficou conhecida como mulher mais velha a dar à luz, foi um grande sucesso para a mãe e para a equipe de médicos que a assistiu, anunciou o doutor Bogdan Marinescu neste domingo. "Conseguimos resolver um caso que não foi nada fácil. Trata-se de um êxito para mãe e médicos da maternidade Giulesti de Bucareste", ressaltou Marinescu.

De acordo com o médico, Adriana, que estava grávida de gêmeos, deu à luz a um bebê de 1,4 quilo por meio de cesariana. "A outra criança tinha registrado um grande atraso no desenvolvimento intra-uterino e seu coração parou, obrigando os médicos a levar à frente a cesariana", explicou. "Esta intervenção não poderia ser adiada porque um atraso colocaria em perigo a sobrevivência do bebê ainda vivo", destacou o médico. "A mãe e seu bebê se encontram bem e esperamos que a evolução do menino seja normal", continuou o doutor Marinescu.

O caso da romena de 67 anos criou uma grande polêmica no país, onde várias questões surgiram, entre elas a possibilidade de limitar a idade das mulheres que podem recorrer à fertilização in vitro para ter filhos.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Romena de 67 anos dá à luz bebê de 1,4 quilo

Da AFP

16/01/2005 | 16:15


O nascimento do bebê da romena Adriana Iliescu, 67 anos, que ficou conhecida como mulher mais velha a dar à luz, foi um grande sucesso para a mãe e para a equipe de médicos que a assistiu, anunciou o doutor Bogdan Marinescu neste domingo. "Conseguimos resolver um caso que não foi nada fácil. Trata-se de um êxito para mãe e médicos da maternidade Giulesti de Bucareste", ressaltou Marinescu.

De acordo com o médico, Adriana, que estava grávida de gêmeos, deu à luz a um bebê de 1,4 quilo por meio de cesariana. "A outra criança tinha registrado um grande atraso no desenvolvimento intra-uterino e seu coração parou, obrigando os médicos a levar à frente a cesariana", explicou. "Esta intervenção não poderia ser adiada porque um atraso colocaria em perigo a sobrevivência do bebê ainda vivo", destacou o médico. "A mãe e seu bebê se encontram bem e esperamos que a evolução do menino seja normal", continuou o doutor Marinescu.

O caso da romena de 67 anos criou uma grande polêmica no país, onde várias questões surgiram, entre elas a possibilidade de limitar a idade das mulheres que podem recorrer à fertilização in vitro para ter filhos.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;