Fechar
Publicidade

Domingo, 24 de Outubro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Setecidades

setecidades@dgabc.com.br | 4435-8319

Incêndio destrói galpão da
Prefeitura em São Caetano

Chamas consumiram área da Secretaria de Serviços Urbanos;
dois funcionários ficaram intoxicados após inalarem a fumaça


Maíra Sanches
Do Diário do Grande ABC

25/09/2012 | 07:00


Incêndio de grandes proporções atingiu na tarde de ontem parte do galpão da Sesurb (Secretaria de Serviços Urbanos) de São Caetano, localizado na Avenida Presidente Kennedy, 2.100, no bairro Olímpico. Quinze viaturas do Corpo de Bombeiros e 45 homens trabalharam para conter o fogo, controlado por volta de 15h.

Duas pessoas que inalaram fumaça, sendo um funcionário e um agente da Defesa Civil, foram socorridas ao Hospital Municipal de Emergências Albert Sabin com sintomas de intoxicação, mas estão fora de perigo. O galpão servia como garagem de carros da Prefeitura, como ambulâncias e veículos da Defesa Civil, e também armazenava pneus, medicamentos, alimentos, materiais de limpeza, ferramentas e materiais de papelaria. Oficina mecânica que funciona no local também foi atingida.

Quando o incêndio começou, por volta de 12h50, 90 dos 100 funcionários da Sesurb estavam na área. Segundo relatos de testemunhas, O fogo começou em uma das extremidades do galpão e rapidamente se alastrou.

Segundo o comandante do Corpo de Bombeiros, Roberto Alboredo Sobrinho, ainda não há como precisar o que motivou o incidente. "Agora vamos depender da perícia. Por enquanto concentramos as forças no trabalho de rescaldo." Botijões de gás foram isolados pelas equipes do lado de fora para evitar explosões.

O comandante da Defesa Civil, Carlos Eduardo Barbi, informou que aguardará o resultado da perícia para avaliar se há risco de desabamento. Algumas paredes foram comprometidas pelas chamas, mas a estrutura será analisada por técnicos em vistoria quando a fumaça se dissipar por completo. Segundo Barbi, todos os extintores do imóvel estavam em condições de uso e foram utilizados, inicialmente, pelos próprios funcionários.

Por volta das 16h, quando ainda havia chamas, a chuva caiu forte na região e espalhou a fumaça pela cidade. De acordo com a Prefeitura, o galpão da Sesurb tem 4.800 m², e cerca de 500 m² foram destruídos pelo fogo. Inicialmente, a informação era de que o incêndio havia consumido 70% da área. O prefeito José Auricchio Júnior (PTB) esteve no local, mas não concedeu entrevista.

Além dos veículos do Corpo de Bombeiros, seis caminhões-pipa foram enviados à área. Dezesseis viaturas da Polícia Militar se deslocaram para fazer a segurança e outros quatro carros da Defesa Civil participaram da ocorrência, que foi registrada na Delegacia Sede de São Caetano. Os atendimentos serão transferidos a partir de hoje para o Atende Fácil, na Rua Major Carlo Del Prete, 651, Centro.

Tráfego

A Avenida Presidente Kennedy , uma das principais da cidade, foi parcialmente interditada, o que causou intenso congestionamento nas vias próximas. A interdição seguiu da Avenida Tijucussu até a Rua Cavalheiro Ernesto Giuliano, trecho de cerca um quilômetro. A via sentido Avenida Goiás foi liberada no fim da tarde. A outra faixa, sentido Santo André, permanecia interditada até o fechamento desta edição.

Vi a fumaça se alastrando e corri, diz funcionário

O mecânico Salvador João Bernal, 51 anos, estava dentro do galpão quando o incêndio começou. Ao avistar as chamas, só pensou como fugiria do local. "Senti cheiro de pneu, vi a fumaça se alastrando e só deu tempo de correr. Tiramos os carros da frente e abrimos o portão", conta. O funcionário trabalhava há um mês no local.

Curiosos se aglomeraram nas transversais de todo o trecho interditado da avenida. Segundo vizinhos, houve pânico na região quando as chamas aumentaram. "Vimos cerca de 30 funcionários pularem os muros às pressas para fugir das labaredas", disse um morador, que preferiu não se identificar.

O pedreiro Tobias Gouveia, 38, que trabalhava na reforma de uma lanchonete próxima ao endereço, se escondeu da confusão que tomou conta da avenida. "Entrei na hora. Foi susto geral. De repente todos saíram correndo."

Adolescentes que voltavam para casa depois de saírem de escolas das redondezas foram orientados por policiais e fiscais de trânsito a se afastarem da via.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;