Fechar
Publicidade

Quarta-Feira, 8 de Dezembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

internacional@dgabc.com.br | 4435-8301

Sites falsos pedem doações para vítimas do Katrina


Do Diário OnLine
Com AFP

09/09/2005 | 11:41


Os americanos estão dispostos a fazer grandes doações para ajudar as vítimas do furacão Katrina, mas o número de sites falsos que pedem doações é cada vez maior. As autoridades já fizeram alertas e abriram processos judiciais em alguns Estados contra os estelionatários.

Alguns dos e-mails chegam aos americanos com o logo da Cruz Vermelha e imagens dramáticas da cidade de Nova Orleans sob as águas. Eles pedem que as doações sejam feita em determinado link da mensagem, segundo a empresa de segurança Sophos Labs.

"Não é a primeira vez que vemos oportunistas imorais que querem tirar vantagens de um desastre natural para encher os bolsos com dinheiro destinado às vítimas", afirma Carole Theriault, consultora de segurança da Sophos.

"Estas tentativas não transmitem vírus ou outras ameaças, e sim usam mensagens e imagens para conseguir que o destinatário dê dinheiro e forneça dados pessoais", acrescentou.

A InfoSec Academy, outra empresa de segurança informática, informa que outro mecanismo funciona oferecendo um link com notícias sobre o desastre. Esse link redireciona o usuário para um site onde os hackers podem instalar vírus e programas-espiões que permitem tomar o controle do computador visitante e roubar suas informações.

"Há uma grande quantidade de lugares seguros que necessitam de contribuições para ajudar os desabrigados, mas as pessoas devem tomar extrema precaução quando forem doar por intermédio de sites na Internet", alerta o presidente da InfoSec, Richard Van Luvender.

"Infelizmente, os desastres mostram ao mesmo tempo o pior e o melhor das pessoas, e a Internet fornece aos criminosos um meio perfeito por meio do qual implorar a generosidade de seus semelhantes", continuou.

O promotor-geral da Flórida, Charlie Crist, abriu um processo contra Robert Moneyhan, também conhecido como "Demon Moon", que criou vários sites fraudulentos relacionados com o desastre do Katrina.

A Flórida obteve uma resolução da corte local para tirar de circulação vários sites falsos.

Investigação- O Centro de Tempestades SANS, uma rede na Internet de acadêmicos e especialistas em segurança privados, afirmou que mais de 400 domínios com o nome "katrina" foram registrados nos dias seguintes ao furacão. Muitos deles eram sites fraudulentos.

A Casa Branca designou uma equipe especial com a missão de investigar as fraudes on-line vinculadas ao furacão. "Lamentavelmente, há alguns que tentam tirar vantagem das vítimas e de pessoas que querem ajudar os que foram afetados", afirmou o porta-voz presidencial, Scott McClellan.

O secretário de Justiça, Alberto Gonzalez, disse que a equipe designada seguirá o rastro de fraudes em operações de caridade, roubos de identidade, fraude em seguros e para obter a assistência do governo.



Quer receber em primeira mão as notícias das sete cidades do Grande ABC?

Entre no nosso grupo de WhatsApp. 
Clique aqui.
 

Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;