Fechar
Publicidade

Sábado, 19 de Setembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Política

politica@dgabc.com.br | 4435-8391

Câmara derruba segunda denúncia contra Temer e ministros

Lula Marques/AGPT Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra

Relatório de Bonifácio de Andrada deveria ser rejeitado por ao menos 342 deputados federais



25/10/2017 | 20:58


A votação da segunda denúncia contra o presidente Michel Temer já não pode resultar em derrota do relatório do deputado Bonifácio de Andrada (PSDB-MG), de acordo com cálculos da base governista. O cálculo leva em conta o quórum na Câmara, o número de ausentes e abstenções, além dos votos ''''sim'''' - em favor do parecer de Andrada. Até por volta de 20h40, foram declarados 308 votos, com 163 votos a favor de Temer, 148 votos contra, além de 16 ausências e uma abstenção.

Para que a denúncia fosse encaminhada, o relatório de Bonifácio de Andrada deveria ser rejeitado por ao menos 342 deputados federais, a maioria qualificada do plenário, que corresponde a três quintos dos 513 parlamentares na Casa. Com isso, a denúncia apresentada por Rodrigo Janot quando ocupava o cargo de procurador-geral da República foi barrada no plenário da Casa e não será encaminhada ao Supremo Tribunal Federal.

Temer foi denunciado pelo então procurador-geral da República em 14 de setembro, por formação de quadrilha e obstrução de justiça. Também escaparam da investigação no Supremo Tribunal Federal (STF) os ministros da Casa Civil, Eliseu Padilha, e da Secretaria-geral da Presidência, Moreira Franco.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Câmara derruba segunda denúncia contra Temer e ministros

Relatório de Bonifácio de Andrada deveria ser rejeitado por ao menos 342 deputados federais


25/10/2017 | 20:58


A votação da segunda denúncia contra o presidente Michel Temer já não pode resultar em derrota do relatório do deputado Bonifácio de Andrada (PSDB-MG), de acordo com cálculos da base governista. O cálculo leva em conta o quórum na Câmara, o número de ausentes e abstenções, além dos votos ''''sim'''' - em favor do parecer de Andrada. Até por volta de 20h40, foram declarados 308 votos, com 163 votos a favor de Temer, 148 votos contra, além de 16 ausências e uma abstenção.

Para que a denúncia fosse encaminhada, o relatório de Bonifácio de Andrada deveria ser rejeitado por ao menos 342 deputados federais, a maioria qualificada do plenário, que corresponde a três quintos dos 513 parlamentares na Casa. Com isso, a denúncia apresentada por Rodrigo Janot quando ocupava o cargo de procurador-geral da República foi barrada no plenário da Casa e não será encaminhada ao Supremo Tribunal Federal.

Temer foi denunciado pelo então procurador-geral da República em 14 de setembro, por formação de quadrilha e obstrução de justiça. Também escaparam da investigação no Supremo Tribunal Federal (STF) os ministros da Casa Civil, Eliseu Padilha, e da Secretaria-geral da Presidência, Moreira Franco.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;