Fechar
Publicidade

Quinta-Feira, 24 de Junho

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Setecidades

setecidades@dgabc.com.br | 4435-8319

Audiência do Carlos Gomes é mantida na segunda-feira

Grupo decide promover encontro sem a presença do secretário de Cultura


Camila Galvez
Do Diário do Grande ABC

22/08/2012 | 07:00


Mesmo sem a participação da Prefeitura, vereadores e o movimento SOS Carlos Gomes decidiram manter a data da audiência pública para debater o futuro do cine teatro, na região central de Santo André. O secretário de Cultura, Esporte, Lazer e Turismo, Carlos Roberto Panini, enviou ofício que pede o adiamento da reunião para depois da eleição por conta de "outros compromissos assumidos anteriormente na mesma data e horário". O encontro, porém, deve acontecer na segunda-feira, às 19h, na Câmara.

Para a professora da UFABC (Universidade Federal do ABC) e integrante do movimento Silvia Passarelli, apenas uma das partes convidadas disse que não poderia comparecer, portanto, não se justifica adiar o debate. "Como pretendemos discutir os usos possíveis para o Carlos Gomes, consideramos que não há impedimento de realizar a audiência e contribuir com o Comdephaapasa (Conselho Municipal de Defesa do Patrimônio Histórico, Artístico, Arquitetônico-Urbanístico e Paisagístico de Santo André)."

O vereador Tiago Nogueira (PT) explicou que a intenção da audiência pública é produzir documentação que será enviada aos promotores do Ministério Público Fábio Luiz Rossi, de Justiça e Meio Ambiente, e Fábio Henrique Franchi, de Habitação e Urbanismo, e também à Prefeitura. "A ideia é abordar o Carlos Gomes que queremos para a cidade, com a participação de todos: vereadores, especialistas em patrimônio, conselheiros e sociedade civil."

Na opinião do parlamentar, a estratégia da Prefeitura de tentar empurrar a discussão para depois da eleição evidencia o descaso com o patrimônio público. "Uma coisa é o secretário ter um problema na segunda-feira. Ele poderia mandar um técnico, ou adiar em alguns dias. Mas 40 dias depois? Não dá."

A Prefeitura foi procurada, mas não se manifestou.

IMPASSE

A reforma e revitalização do centenário Cine Teatro Carlos Gomes começou em dezembro e, desde junho, é motivo de polêmica por ser executada sem aprovação e acompanhamento do Comdephaapasa. O cine teatro foi o quinto cinema construído no Brasil. Aberto em 1912, foi tombado pelo órgão do patrimônio municipal em 1992.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;