Fechar
Publicidade

Quinta-Feira, 24 de Junho

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Esportes

esportes@dgabc.com.br | 4435-8384

S.Caetano empata com o Cruzeiro e se classifica na Sul-Americana


Roberto Iizuka
Do Diário do Grande ABC

28/08/2003 | 00:38


O São Caetano segurou a pressão do Cruzeiro e se classificou, nesta quarta-feira, para a segunda fase da Copa Sul-Americana. O Azulão empatou por 1 a 1, no Mineirão, e agora espera o vencedor do Grupo 1, que tem o Internacional, Santos e Flamengo. No entanto, com a vitória do Colorado sobre o 'Mengo', também nesta quarta, por 3 a 1, a equipe carioca está eliminada da competição.

A eficiente marcação do time da região travou as jogadas do Cruzeiro, que entrou sem os titulares Maurinho, Alex e Aristizábal. Com a intermediária trancada, a Raposa ameaçou pela primeira vez com um chute de fora da área, aos sete minutos. Capixaba perdeu a bola para Felipe Melo, que bateu forte por cima do travessão.

O São Caetano respondeu aos 21 minutos. Mineiro lançou Marcelo Mattos nas costas da zaga. No entanto, o volante acabou escorregando ao tentar concluir. Uma bola perdida no ataque, porém, desmontou a marcação do Azulão. Marcio Nobre puxou o contra-ataque, lançou Leandro, que enfiou para Mota. O atacante ajeitou para a chegada de Marcio Nobre, que dominou com a perna direita e bateu cruzado com esquerda, sem chance para Sílvio Luiz.

O São Caetano continuou tocando a bola, envolvendo o Cruzeiro, e chegou ao empate aos 39 minutos, numa grande jogada de Marcinho. O atacante gingou na frente do defensor Gladstone e enfiou uma bola açucarada para Zé Carlos, que bateu forte no canto direito, deixando tudo igual no primeiro tempo.

Na segunda etapa, o técnico Tite colocou Warley no lugar de Adhemar, para o veloz atacante puxar os contra-ataques. E o ex-jogador do São Paulo, Atlético Paranaense, Grêmio e Udinese (Itália) quase virou o placar aos seis minutos. Ele fintou Gladstone, bateu cruzado e Gomes mandou para escanteio. Um minuto depois, Warley novamente arrancou, deixou a zaga para trás, bateu por cobertura e Gomes espalmou.

O Cruzeiro respondeu aos 16 minutos. Maicon foi lançado, passou por Zé Carlos e cruzou da linha de fundo para a batida de Marcio Nobre. A bola passou rente à trave direita do arqueiro de Silvio Luiz.

Aos 20 minutos, Vanderlei Luxemburgo arriscou tudo e colocou Alex e Aristizábal. O jogo ficou aberto, e Marcinho, aos 26 minutos, fez mais uma bela jogada. Ele fintou Edu Dracena, invadiu a área, mas chutou para fora.

O Azulão passou a tocar a bola, aproveitando com inteligência as dimensões do campo, cadenciando a partida. Com o domínio da posse de bola, o São Caetano esfriou o Cruzeiro e garantiu a classificação.

Os jogadores do ABC desembarcam nesta quinta-feira, às 9h30, no Aeroporto de Congonhas, já pensando no Brasileirão. Domingo, o time recebe o Vasco, às 16h, no estádio Anacleto Campanella.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;