Fechar
Publicidade

Quinta-Feira, 29 de Julho

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Economia

economia@dgabc.com.br | 4435-8057

Região podem se tornar fornecedora da Boeing

Claudinei Plaza/DGABC  Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra

Soraia Abreu Pedrozo
Do Diário do Grande ABC

27/08/2011 | 07:00


As empresas da região têm à sua disposição uma oportunidade única: podem tornar-se subfornecedoras da Boeing Company, a maior empresa aeroespacial do mundo e fabricante do avião-caça F-18 Super Hornet - um dos três que disputam concorrência para renovar a frota de 36 aeronaves da Força Aérea Brasileira. Além dele, há também o Rafale FX-2, da Dassault Aviation, e o Gripen, da Saab.

A possibilidade é dada graças à aproximação gerada pela Prefeitura de São Bernardo com a montadora norte-americana. Para que as parcerias sejam efetuadas, a Boeing elaborou um questionário visando identificar possíveis subfornecedores para sua cadeia.

Uma das exigências é a obtenção de certificados, como ISO 9001, AS 9102 e ISO 14001. Outro ponto perguntado é se a empresa possui experiência na área espacial e na indústria de defesa. São indagados, ainda, quantidade de funcionários, faturamento anual, se o índice de lucratividade é superior a 2% nas vendas anuais, se o negócio gera caixa das atividades operacionais e se o financiamento interno é suficiente para atender a necessidades operacionais.

As áreas de atuação desejadas pela montadora norte-americana são elétrica, hidráulica e mecânica, aviônica (hardware, software, sistemas de radar), montagem, peças usinadas, não-metálicas, compostos, processamento químico e tratamento térmico, chapas metálicas, dutos metálicos e tubos, cabos e chicotes, fixadores, suporte e sustentação, sistemas de trens de pouso e fabricantes de pneus, freios e pára-brisas, entre outros.

Para responder ao questionário, basta entrar em contato com a Secretaria de Desenvolvimento Econômico de São Bernardo pelo telefone 4348-1053, falar com Eleni ou Aparecida. O prazo é curto, pois o resultado devidamente compilado será enviado à Boeing na quarta-feira. Por enquanto, as perguntas foram enviadas pela Prefeitura, com o auxílio do Centro das Indústrias do Estado de São Paulo, a apenas 20 empresas.

De acordo com o secretário de Desenvolvimento Econômico de São Bernardo, Jefferson José da Conceição, em julho foram recebidos representantes da Boeing, após reunião com o prefeito Luiz Marinho. "As relações foram intensificadas pelo crescimento da indústria da defesa no município", conta. "Desde que a administração municipal manifestou interesse na atração de alguns elos da cadeia produtiva aeronáutica, as concorrentes internacionais à licitação do Ministério da Defesa incluíram São Bernardo e região como um todo no mapa de suas ações estratégicas", diz, referindo-se à disputa pelo fornecimento dos aviões-caça.

 



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;