Fechar
Publicidade

Sexta-Feira, 3 de Julho

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Cultura & Lazer

cultura@dgabc.com.br | 4435-8364

Diretor de 'O menino e o mundo' diz que expectativa é 'ganhar' o Oscar

Divulgação  Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra


03/02/2016 | 00:05


"Ganhar", foi assim que Alê Abreu, diretor do filme "O menino e o mundo", respondeu à pergunta sobre qual era a expectativa para o Oscar. O longa brasileiro é um dos cinco indicados à categoria de animação do prêmio, que acontece no próximo dia 28.

Após a resposta, Abreu caiu na gargalhada e disse que tinha os "pés no chão" e que sabia que estava concorrendo com pesos pesados da indústria cinematográfica.

"Mas a gente tem uma fé inabalável, uma crença de que tudo é possível. A crença deste menino está com a gente, vai estar com a gente no dia, eu vou estar no Oscar acreditando que a careca dourada vai ser nossa", afirmou.

Descontraído, o cineasta paulista fez essas declarações após participar de uma sessão de exibição do filme ao lado da presidente Dilma Rousseff, no Palácio da Alvorada.

Segundo o diretor, a presidente desejou sorte na disputa pela estatueta e disse que eles já eram vencedores somente por terem sido indicados ao Oscar.

O longa vai concorrer com "Anomalisa", "Divertida mente", "Shaun: O carneiro" e "Quando estou com Marnie". Essa é a primeira vez que o Brasil tem um representante na categoria de melhor animação. (Isadora Peron)



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Diretor de 'O menino e o mundo' diz que expectativa é 'ganhar' o Oscar


03/02/2016 | 00:05


"Ganhar", foi assim que Alê Abreu, diretor do filme "O menino e o mundo", respondeu à pergunta sobre qual era a expectativa para o Oscar. O longa brasileiro é um dos cinco indicados à categoria de animação do prêmio, que acontece no próximo dia 28.

Após a resposta, Abreu caiu na gargalhada e disse que tinha os "pés no chão" e que sabia que estava concorrendo com pesos pesados da indústria cinematográfica.

"Mas a gente tem uma fé inabalável, uma crença de que tudo é possível. A crença deste menino está com a gente, vai estar com a gente no dia, eu vou estar no Oscar acreditando que a careca dourada vai ser nossa", afirmou.

Descontraído, o cineasta paulista fez essas declarações após participar de uma sessão de exibição do filme ao lado da presidente Dilma Rousseff, no Palácio da Alvorada.

Segundo o diretor, a presidente desejou sorte na disputa pela estatueta e disse que eles já eram vencedores somente por terem sido indicados ao Oscar.

O longa vai concorrer com "Anomalisa", "Divertida mente", "Shaun: O carneiro" e "Quando estou com Marnie". Essa é a primeira vez que o Brasil tem um representante na categoria de melhor animação. (Isadora Peron)

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;