Fechar
Publicidade

Terça-Feira, 17 de Maio

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

politica@dgabc.com.br | 4435-8391

Investigação sobre suposta intervenção de Michelle Bolsonaro na Caixa é arquivada



26/01/2022 | 12:53


O procurador Carlos Henrique Martins Lima, que atua no Núcleo de Combate ao Crime e à Improbidade Administrativa do Ministério Público Federal no Distrito Federal, determinou o arquivamento de uma apuração sobre suposta intervenção da primeira-dama Michelle Bolsonaro junto à Caixa Econômica Federal para liberação de empréstimos do Programa Nacional de Apoio às Microempresas e Empresas de Pequeno Porte a Microempresários (Pronampe) a amigos da família Bolsonaro.

No âmbito do procedimento aberto para apurar o caso, Lima pediu esclarecimentos à Caixa. Em resposta, o banco detalhou como funciona a concessão de empréstimos como tais, alegando "ausência de irregularidade". Em despacho datado de 13 de dezembro passado, o procurador entendeu que "inexiste linha de investigação a ser adotada para se dar continuidade às apurações".

A apuração foi aberta após a revista eletrônica Crusoé publicar reportagem, em outubro de 2021, implicando não só a mulher do presidente Jari Bolsonaro, mas também o presidente da Caixa, Pedro Guimarães - com quem a primeira-dama teria tratado pessoalmente sobre os empréstimos a amigos, sem que fossem analisados com os mesmos critérios usados para outros clientes do banco.

A revista publicou e-mail atribuído a uma assessora especial da Presidência da República que mencionou uma "conversa telefônica" entre Michelle Bolsonaro e Guimarães e supostamente tratava do encaminhamento de "documentos dos microempresários de Brasília que têm buscado crédito a juros baixos".



Quer receber em primeira mão as notícias das sete cidades do Grande ABC?

Entre no nosso grupo de WhatsApp. 
Clique aqui.
 

Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;