Fechar
Publicidade

Terça-Feira, 20 de Abril

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Economia

economia@dgabc.com.br | 4435-8057

Copersucar vai fornecer etanol para a Solvay Indupa


Do Diário do Grande ABC

29/02/2008 | 07:02


A Solvay Indupa, de Santo André, fechou um contrato com a Copersucar (Cooperativa de Produtores de Cana-de-Açúcar, Açúcar e Álcool do Estado de São Paulo) que prevê o fornecimento de 150 milhões de litros de etanol por ano durante uma década.

A empresa andreense vai usar o insumo para fazer o seu próprio etileno. Hoje o produto é comprado da PQU (Petroquímica União) para ser usado na produção de PVC (Policloreto de Vinila). Só que agora a Solvay Indupa quer substituir o derivado de petróleo por uma fonte renovável.

A linha de bio-etileno é parte do programa de expansão da Solvay Indupa, iniciado em 2006. Ao todo, serão investidos US$ 135 milhões na planta de Santo André para o projeto.

Ao final de 2010, quando a expansão estiver concluída, a capacidade de produção da empresa chegará a 60 mil toneladas por ano de bio-etileno e 360 mil toneladas por ano de PVC.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Copersucar vai fornecer etanol para a Solvay Indupa

Do Diário do Grande ABC

29/02/2008 | 07:02


A Solvay Indupa, de Santo André, fechou um contrato com a Copersucar (Cooperativa de Produtores de Cana-de-Açúcar, Açúcar e Álcool do Estado de São Paulo) que prevê o fornecimento de 150 milhões de litros de etanol por ano durante uma década.

A empresa andreense vai usar o insumo para fazer o seu próprio etileno. Hoje o produto é comprado da PQU (Petroquímica União) para ser usado na produção de PVC (Policloreto de Vinila). Só que agora a Solvay Indupa quer substituir o derivado de petróleo por uma fonte renovável.

A linha de bio-etileno é parte do programa de expansão da Solvay Indupa, iniciado em 2006. Ao todo, serão investidos US$ 135 milhões na planta de Santo André para o projeto.

Ao final de 2010, quando a expansão estiver concluída, a capacidade de produção da empresa chegará a 60 mil toneladas por ano de bio-etileno e 360 mil toneladas por ano de PVC.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;