Fechar
Publicidade

Quarta-Feira, 21 de Abril

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Esportes

esportes@dgabc.com.br | 4435-8384

Zagueiros estão em alta no Sto.André


Nelson Cilo
Do Diário do Grande ABC

29/02/2008 | 07:00


Na teoria de Fahel Júnior, o Santo André provou que é mesmo um time de matadores tanto no sistema ofensivo quanto na defesa. O técnico apontou como exemplo mais recente os dois gols marcados pelos zagueiros Douglas e Thiago Matias nos 3 a 0 de quarta-feira, em São José do Rio Preto, diante do América.

O placar já indicava 1 a 0 (Jeferson marcou aos 29 minutos do primeiro tempo) no instante em que Douglas conseguiu pegar um rebote fora da área, aos 42, para marcar o segundo. Na etapa final, aos oito, Thiago Matias, de cabeça, conferiu uma falta cobrada por Pará.

“O que aconteceu é a boa conseqüência de muito trabalho nas cobranças de faltas ou escanteios. Insistimos demais nos treinadores”, explica Fahel. “Na minha opinião, atacar não significa necessariamente utilizar apenas os homens de frente. Às vezes, é possível usar os alas, os volantes e os meias mais liberados”, acredita o comandante, que gostou da ousada postura da equipe na vitória que a recolocou na liderança da Série A-2 do Campeonato Paulista. “Não posso reclamar de nosso índice de aproveitamento”, garante.

NO BATENTE

O elenco do Santo André se reapresenta hoje para treinar em dois períodos no estádio Bruno Daniel. O próximo desafio é o XV de Jaú, domingo, às 16h, de novo no Interior. Sem Thiago Matias, que recebeu o terceiro cartão amarelo diante do América, há duas opções para ocupar a vaga, segundo Fahel: Da Guia e Cesinha. Luiz Henrique ainda se recupera de uma lesão no joelho esquerdo e segue fora.

Já o ala-esquerdo Jaílson, que cumpriu suspensão na rodada anterior, tem condições de voltar, mas Fahel mantém suspense.

Quanto a Marcelinho Carioca (sofreu uma contratura muscular), o tratamento deve durar mais uma semana, segundo prevê o departamento médico. O volante Willians (entorse no tornozelo) também continua fora dos planos imediatos.

Enquanto isso, o TJD (Tribunal de Justiça Desportiva) da FPF (Federação Paulista de Futebol) pode homologar na segunda-feira o ato do coronel Marcos Marinho, presidente da Comissão de Arbitragem da FPF, que na quarta-feira vistoriou e resolveu desinterditar o estádio Bruno Daniel.


Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Zagueiros estão em alta no Sto.André

Nelson Cilo
Do Diário do Grande ABC

29/02/2008 | 07:00


Na teoria de Fahel Júnior, o Santo André provou que é mesmo um time de matadores tanto no sistema ofensivo quanto na defesa. O técnico apontou como exemplo mais recente os dois gols marcados pelos zagueiros Douglas e Thiago Matias nos 3 a 0 de quarta-feira, em São José do Rio Preto, diante do América.

O placar já indicava 1 a 0 (Jeferson marcou aos 29 minutos do primeiro tempo) no instante em que Douglas conseguiu pegar um rebote fora da área, aos 42, para marcar o segundo. Na etapa final, aos oito, Thiago Matias, de cabeça, conferiu uma falta cobrada por Pará.

“O que aconteceu é a boa conseqüência de muito trabalho nas cobranças de faltas ou escanteios. Insistimos demais nos treinadores”, explica Fahel. “Na minha opinião, atacar não significa necessariamente utilizar apenas os homens de frente. Às vezes, é possível usar os alas, os volantes e os meias mais liberados”, acredita o comandante, que gostou da ousada postura da equipe na vitória que a recolocou na liderança da Série A-2 do Campeonato Paulista. “Não posso reclamar de nosso índice de aproveitamento”, garante.

NO BATENTE

O elenco do Santo André se reapresenta hoje para treinar em dois períodos no estádio Bruno Daniel. O próximo desafio é o XV de Jaú, domingo, às 16h, de novo no Interior. Sem Thiago Matias, que recebeu o terceiro cartão amarelo diante do América, há duas opções para ocupar a vaga, segundo Fahel: Da Guia e Cesinha. Luiz Henrique ainda se recupera de uma lesão no joelho esquerdo e segue fora.

Já o ala-esquerdo Jaílson, que cumpriu suspensão na rodada anterior, tem condições de voltar, mas Fahel mantém suspense.

Quanto a Marcelinho Carioca (sofreu uma contratura muscular), o tratamento deve durar mais uma semana, segundo prevê o departamento médico. O volante Willians (entorse no tornozelo) também continua fora dos planos imediatos.

Enquanto isso, o TJD (Tribunal de Justiça Desportiva) da FPF (Federação Paulista de Futebol) pode homologar na segunda-feira o ato do coronel Marcos Marinho, presidente da Comissão de Arbitragem da FPF, que na quarta-feira vistoriou e resolveu desinterditar o estádio Bruno Daniel.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;